ARQUITETOS EM DESTAQUE

Especial 8 de março: Mulheres são maioria no mercado de Arquitetura e Urbanismo

A arquiteta e urbanista Lina Bo Bardi (Foto: Acervo Instituto Lina Bo e P. M. Bardi)

 

O Brasil possui 144.089 arquitetos e urbanistas ativos e registrados no CAU. A maioria são mulheres, 62% (89.867), enquanto 38% são homens (54.222). Essa predominância tende a aumentar nos próximos anos, uma vez que a parcela de mulheres entre os profissionais mais jovens é bem maior.

 

Na faixa até 30 anos, as mulheres representam 73% do total de arquitetos e urbanistas. Ou seja, quase três em cada quatro. Elas são maioria em todas as faixas etárias, exceto acima de 60 anos, em que 64% dos arquitetos e urbanistas são homens.

 

Por isso, as arquitetas e urbanistas merecem ainda mais reconhecimento no Dia Internacional das Mulheres, 8 de março. Para marcar essa data especial e reconhecer a importância das mulheres na Arquitetura e no Urbanismo, o CAU/BR preparou um especial que mostra diversas mulheres de destaque na profissão. Acesse abaixo:

 

Lina Bo Bardi: A mulher que marcou a Arquitetura brasileira

 

Rosa Kliass: Pioneira da arquitetura paisagística no Brasil

 

Elisabete França: “Mulheres precisam ocupar postos de liderança na Arquitetura”

 

Alda Rabello: “Quando perguntam o que faço, digo que sou ‘arquiteto’”

 

Dora Alcântara: Arquitetura, azulejos e emancipação feminina

 

Vera Fabrício: Fazendo história na Arquitetura gaúcha

 

Aline Castelo Branco: Prática e teoria da Arquitetura

 

Silvia Lenzi: Foco no Urbanismo e paixão pela profissão

 

Denyse Coelho: “Contribuição profissional feminina é grande, mas reconhecimento ainda pequeno”

 

Mirna Lobo: Uma arquiteta apaixonada pela vida

 

Ana Lúcia Abrahim: “Amazônia que me escolheu, me atraiu e eu disse ‘sim’ ao desafio”

 

Patrícia Orfila: Urbanismo a serviço do bem-estar

 

Gracita Lopes: Nome forte na Arquitetura potiguar

 

Janete Costa: A marca da cultura popular na Arquitetura pernambucana

 

Jussara Ramos: A Arquitetura como eixo de vida

 

Shirlei Ferreira: Primeira agente fiscal do CAU/AP

 

Natália, Layara e Ana Carolina: Arquitetas e urbanistas em defesa da profissão

 

Eloisa Vicari: Conselhos para jovens arquitetas e urbanistas

 

Arquitetas Invisíveis: “Consegue citar o nome de três arquitetas reconhecidas internacionalmente?”

 

Zaha Hadid: Oito frases sobre ser mulher no mundo da Arquitetura

 

Raquel Rolnik: “Como fazer valer o direito das mulheres à moradia?”

 

Nícia Bormann: Os múltiplos talentos de uma arquiteta comprometida com a arte

 

Lúcia Moraes: Habitação de interesse social em primeiro lugar

 

Andrea Triana: “Me move acreditar que podemos fazer mudanças significativas”

 

Tais Cristina Silva: Fascínio pela integração da obra de grande escala com seu entorno

 

Fabricia Zulin e Renata Coradin: “Por que não ‘arquitetas associadas’, no feminino?”

 

Juliana Castro: “Sucesso na Arquitetura paisagística é levar sutileza a espaços urbanos”

 

Lissandra Lima: “Equilíbrio das proporções e simetria nos projetos”

 

Sindicato dos Arquitetos no Estado de São Paulo: Diretrizes para a igualdade de gênero

 

Clarice Debiagi: Reflexão da Arquitetura e do Urbanismo a partir da visão feminina

 

Leiko Motomura: Pioneira do uso de materiais alternativos na Arquitetura brasileira

 

Carla Juaçaba: “Sustentabilidade em Arquitetura é construir com o acessível”

 

Denise Scott Brown: Trabalho era conjunto, mas só marido recebeu o Pritzker

 

Jane Jacobs: A ativista que peitou (e venceu) o “master builder” de Nova York

 

Carme Pigem: A vencedora do Prêmio Pritzker de Arquitetura 2017

 

Yvonne e Shelley: Curadoras da próxima Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza

 

Adara Nataly: De Manguinhos a Paris, a trajetória da vencedora do I Prêmio Montigny

 

Débora Vieira: “Espero que a expressão ‘você faz projeto como homem’ seja abolida”

 

Willane Soares: Jovens profissionais enfrentam desafios para inserção no mercado

 

Helena Tourinho: Vocação descoberta na paixão pelo estudo e na sensibilidade social

 

Jennifer Caroline Tivirolli: O início de uma carreira

 

Raissa, Thais, Letícia, Djuly e Marina: Talentos em ascensão na FAU da PUC-Campinas

 

Joice Berth: “Enfrentamos na arquitetura o estigma de fazer apenas serviços leves”

 

16 respostas

  1. ” Um dia especial, felicito a todas nesta data, são merecedoras de todos os elogios e respeito, embora não tenhamos muito à festejar, pois terão que se manter na luta para construir um futuro promissor, pois ainda é fragrante a irracionalidade do meio social, em todas as localidades.”

  2. A ousadia, a vontade, a diferença, a visão, a multitarefas, a brigona, a delicada, a guerreira, a implicante, a teimosa, a chata, a determinada, enfim, poderia ficar citando vários defeitos (que podem ate não ser) e várias qualidades para falar da importância delas todas as áreas e não somente na ARQUITETURA, a diferença é o que faz estas mulheres maravilhosas serem referencia e estarem buscando cada vez mais um espaço que com certeza as pertence. FELIZ TODO DIA DAS MULHERES E NÃO SÓ O DIA 08 DE MARÇO. Parabéns!

  3. PARABÉNS Á TODAS NÓS LUTADORAS E VENCEDORAS!!! BJOS Á TODAS A COMPANHEIRAS NESTE DIA.

  4. Parabéns às colegas arquitetas e urbanistas, pelo dia das mulheres e principalmente pela crescente escolha da arquitetura e do urbanismo para suas realizações profissionais.

  5. Parabéns, pelo avanço presencial, comprovado, pela efetiva participação das profissionais arquitetas / urbanistas no cenário criativo arquitetônico e paisagístico nacional. conforme demonstram suas concepções arquitetônicas e artísticas, já comprovadas pelas renomadas profissionais referenciadas nos textos supra.
    Apesar da rara independência diante do poder econômico dominante, fortemente, masculino.
    Mas, com a competência a perseverança e o emprego sábio da ciência e da técnica aliadas à arte de criar e edificar. As arquitetas e urbanistas obstinadamente enfrentarão e romperão as adversidades e obterão o seu verdadeiro lugar na sociedade econômica ativa. Sempre que usarem partido arquitetônico resulte em prol da estética,do bem estar geral das pessoas e da sustentabilidade das comunidades,das cidades,dos países e das nações. Porque não.
    E Fagundes Neves

  6. Pobre do homem que ainda não entendeu que nessa trajetória humana, os coadjuvantes somos nós. São elas, mulheres, as protagonistas da inspiração, da mudança e da inovação, a nós, quando muito, tal qual na colmeia, cabe o papel de meros instrumentos. Nessa ocasião, ao ser escolhido, meu caro, dê graças a Deus…foi o meu caso!
    Os sábios e poetas são o que são, por já terem superado esse primitivo estágio de ser superior, que alguns ainda carregam.
    Parabéns, hoje e sempre, às nossas parceiras e inspiradoras, que nos tornam em seres melhores do que fomos ontem!!

  7. Gostaria de congratular o CAU/BR e o CAU/PR pela homenagem feita as arquitetas e urbanistas, em especial por ter elencado nomes como os da Mirna, Rosa, Lina e tantas outras. Realmente uma honra o Brasil possuir uma constelação de pessoas tão especiais e brilhantes, que nos orgulham e servem de referencia como pessoas e profissionais da arquitetura e urbanismo brasileiros!
    Parabéns também a todas colegas arquitetas e urbanistas que apesar de não estarem nomeadas aqui, são representadas pelas aqui homenageadas, e tanto fazem pela construção de nossa nação e vidas (pessoal e profissional)!
    Beijos a todas!

    Beijo e parabéns Mirna, homenagem mais que merecida!

    1. Gugu,

      Que lindo, poder ter lido sua mensagem à nós, Mulheres, Mães, Profissionais e Colegas de Faculdade.
      Ser mulher é algo incrível, ser uma profissional de Arquitetura é realmente FANTÁSTICO!!!!
      Bjssss

  8. Bela homenagem do CAU, mas faltam muitas mulheres- arquitetas e não arquitetas – a serem homenageadas, lembradas, mais respeitadas e remuneradas. Que os mais jovens, homens e mulheres se inspirem a estudar sempre mais, respeitar opiniões divergentes e aplicar seus conhecimentos com sensibilidade, ética e senso de justiça, em benefício de todos.
    Anita Di Marco
    Tradutora e arquiteta

  9. VIVA o espírito de Lina, a mais brasileira das italianas, cuja obra nos inspira. Seu SESC Pompéia acaba de ser inscrito como Patrimônio Brasileiro pelo IPHAN.

  10. Estas Fabulosas mulheres, que sao intensas apaixonadas. dedicas em tudo que se propoe a fazer!

    Em uma palavra, a mulher traz sensibilidade as coisas!

    Feliz día das Mulheres a todas!

  11. Que bom!
    Como mulher eu me orgulho pela capacidade e sabedoria destas minhas musas, inteligentes, sensíveis, criadoras!
    Obrigada.

  12. PARABÉNS A TODAS AS MULHERES ARQUITETAS BRASILEIRAS E DE TODO O MUNDO!
    QUE ELAS POSSAM CONTINUAR ENALTECENDO A PROFISSÃO COM O TRABALHO DIGNO E ALCANÇANDO SEUS OBJETIVOS PESSOAIS!
    QUE AS MAIS JOVENS LEIAM AS ENTREVISTAS E DESCUBRAM OS VALORES INDIVIDUAIS DE CADA EXEMPLO CITADO E SE ESFORCEM MUITO PARA SEGUIR OS BELOS EXEMPLOS!
    OBRIGADA AO CAU PELA HOMENAGEM COM O DESEJO DE VER PROSPERAR O TRABALHO PARA VALORIZAÇÃO DA PROFISSÃO NA SOCIEDADE E CONSEQUENTEMENTE A MULHER!

  13. Parabéns as Mulheres que nos ajudam a criar uma vida melhor.

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ENTREVISTAS

Gabriela Tenorio sonha com o dia das “primeiras mulheres” terem assumido tudo  

ENTREVISTAS

#MulherEspecialCAU: Liza Andrade tem forte atuação na defesa da sustentabilidade dos habitats urbanos e rurais do DF

ENTREVISTAS

Em entrevista ao CAU/BR, Giselle Moll reforça importância do apoio às arquitetas e urbanistas que transformam o país

ENTREVISTAS

Diretora do Museu da Universidade Federal do Pará aponta espaço para mulheres na elaboração de planos urbanísticos

Pular para o conteúdo