PATRIMÔNIO HISTÓRICO

No Centro Histórico de São Luís, CAU Brasil cria Câmara Temática de Patrimônio

 

Na capital do Maranhão, São Luís, os conselheiros do CAU Brasil tomaram mais uma decisão para fortalecer a preservação do patrimônio cultural e arquitetônico do Brasil. Durante a 137ª Reunião Plenária, realizada no dia 15 de junho, aprovou-se a criação da Câmara Temática de Patrimônio, ampliando ainda mais a participação da sociedade civil nas decisões do Conselho.

 

Objetivo principal é estimular a valorização e o desenvolvimento sustentável do patrimônio histórico do país, articulando os esforços de diversas entidades em todo o país. A Câmara Temática de Patrimônio tem um plano de ação definido, que abrange uma série de objetivos e metas a serem alcançados ao longo do período de execução, que vai até dezembro de 2023.

 

 

Entre os principais pontos do projeto estão:

 

  • Acompanhar e impulsionar a Política do CAU para o Patrimônio, apoiando uma Política Nacional de Patrimônio.
  • Promover a profissão de arquitetos e urbanistas no âmbito do patrimônio, valorizando sua atuação nesse campo.
  • Contribuir para o alcance do 11º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, que visa fortalecer esforços na proteção e salvaguarda do patrimônio cultural e natural do mundo.
  • Estabelecer agendas conjuntas com outros órgãos e entidades, fortalecendo ações relacionadas aos conjuntos urbanos, edificações, sítios e acervos de valor arquitetônico, histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.

 

A nova Câmara Temática de Patrimônio será composta por representantes de vários estados e entidades diversas. Confira a composição:

 

  • Representante do Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro: Inês Martina Lersch (ANPUR)
  • Representante do CEAU: Maria Elisa Baptista (IAB)
  • Especialista indicado: Márcio Coelho Carvalho (IPHAN)
  • Comissão de Política Urbana e Ambiental (CPUA) do CAU Brasil: Ricardo Mascarello
  • Comissão de Política Profissional (CPP) do CAU Brasil: Ana Cristina Barreiros
  • CAU/DF: Pedro Grillo
  • CAU/GO: Maria Ester de Souza
  • CAU/MG: Leonardo Barci Castriota
  • CAU/MT: Ricardo Silveira Castor
  • CAU/MS: Lauzi Michell Salazar
  • CAU/PA: Ana Cristina Braga
  • CAU/PB: Fabiano Melo
  • CAU/PE: Sérgio Marcelino
  • CAU/PR: Jefferson Navolar
  • CAU/RJ: Noêmia Lúcia Barradas
  • CAU/RO: Rogério da Silva
  • CAU/RS: José Daniel Craidy Simões
  • CAU/SC: Anne Elise Rosa Souto
  • CAU/SE: Viviane de Oliveira de Jesus
  • CAU/SP: Vanessa Gayego Bello Figueiredo

 

A Câmara Temática também terá ainda como objetivo estratégico a salvaguarda dos bens patrimoniais dos povos indígenas, quilombolas e da produção popular, buscando reconhecer e valorizar a diversidade cultural do Brasil.

 

Desde 2018, o CAU Brasil tem sido chamado à discussão da preservação do patrimônio e dos acervos profissionais. Esse debate começou com o Seminário Gestão Inovadora de Bairros Históricos (SP) e chegou até o Seminário de Patrimônio de Ouro Preto (MG), em 2022, quando foi encaminhada a sugestão da criação da Câmara Temática dentro da Carta de Ouro Preto.

 

Essa iniciativa representa um passo significativo na luta dos (as) arquitetos (as) e urbanistas pela valorização do patrimônio histórico do país. De acordo com a Lei 12.378/2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo no país, é atribuição de arquitetos (as) e urbanistas: “Patrimônio Histórico Cultural e Artístico, arquitetônico, urbanístico, paisagístico, monumentos, restauro, práticas de projeto e soluções tecnológicas para reutilização, reabilitação, reconstrução, preservação, conservação, restauro e valorização de edificações, conjuntos e cidades”.

 

Com a criação da Câmara Temática, o CAU Brasil reforça seu compromisso com a construção de cidades mais conscientes de sua história e identidade.

 

Veja a íntegra da 137ª Reunião Plenária:

 

 

Leia também:

 

II Seminário Nacional de Patrimônio Histórico: Arquitetos e urbanistas homenageiam Dora Alcântara no seu aniversário de 92 anos

 

Instituições relatam ações para a preservação durante o II Seminário de Patrimônio

 

FIPA Brasil – Portugal: Desafios e conquistas na preservação do patrimônio histórico são debatidos em São Luís (MA)

 

Boas Práticas para a preservação do patrimônio no palco do 9º Fipa Brasil – Portugal, em São Luís

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

17 de agosto: Dia Nacional do Patrimônio Histórico serve como um alerta em prol de políticas de preservação cultural

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

CAU Brasil instala Câmara Temática de Patrimônio Histórico

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Carta de São Luís é aprovada no 9º FIPA com foco na valorização do patrimônio e do bem-estar urbano

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

9º FIPA aponta a responsabilidade dos arquitetos e urbanistas como construtores do patrimônio do futuro

Pular para o conteúdo