CONFERÊNCIA NACIONAL DE AU

No Dia Mundial do Urbanismo, solenidade abre IV Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo em Brasília

Legenda

 

O Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, acolheu arquitetos e urbanistas de todo o país nesta quarta, 8 de novembro, para a cerimônia de abertura da IV Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo. O Dia Mundial do Urbanismo foi a data escolhida pela Gestão 2021/2023 do CAU Brasil para apresentar as realizações do último período pela valorização profissional dos arquitetos e urbanistas. A solenidade contou com a participação da presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, do coordenador do Colegiado das Entidades de Arquitetura e Urbanismo (CEAU), Odilo Almeida Filho, presidente do IAB; e da coordenadora do Fórum de Presidentes dos CAU/UF, Maria Edwiges Leal.  A cerimônia também prestou homenagem a parlamentares e prefeitos que ajudaram a impulsionar as pautas relevantes para a arquitetura e urbanismo nos parlamentos e municípios. O deputado federal Fernando Marangoni representou os homenageados no ato solene. ASSISTA AO VÍDEO DA TRANSMISSÃO AO VIVO

 

Público assistiu à palestra do engenheiro eletricista Demi Getschko, um dos pioneiros da Internet no Brasil

 

A presidente Nadia Somekh recebeu o público saudando especialmente as presidências dos CAU/UF, entidades da categoria, conselheiros da atual gestão e eleitos para representar os profissionais a partir do próximo ano nos CAU/UF e no CAU Brasil. Nadia lembrou o cenário que ofereceu contorno à Gestão 2021-2023, período que abrangeu a pandemia da COVID-19 e avanços tecnológicos que mudaram o padrão relacional, com impacto no exercício da arquitetura e urbanismo. “Foram tempos difíceis, mas saímos vitoriosos. Com nosso planejamento estratégico, conseguimos superar muitas dificuldades e ter um norte que possibilitou deixar algumas marcas que teremos oportunidade de mostrar ao longo deste evento”, afirmou.

 

A presidente, que encerra seu mandato no próximo mês de dezembro, destacou algumas das realizações da gestão. Muitas delas foram possibilitadas por meio da Campanha Mais Arquitetos, que empreendeu ações pela valorização da arquitetura e da Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social. Também mencionou avanços no SICCAU, a construção e implantação do Plano Nacional de Fiscalização, a democratização do Colegiado de Serviços Compartilhados e a institucionalização do Fórum de Presidentes para aproximar o CAU da realidade dos estados.

 

A presidente da gestão 2021/2023, Nadia Somekh

 

Diante do avanço desenfreado do ensino EAD, a Gestão 2021/2023 também buscou entendimentos sobre parâmetros para a qualificação do ensino, com incentivo à residência profissional e formação continuada. 

 

Respondendo ao desafio da inclusão, o CAU estruturou políticas afirmativas que permitiram assegurar suporte a profissionais em início de carreira, maior representatividade feminina nos processos eleitorais do CAU e ações pela desprecarização do trabalho.

 

Nadia destacou ainda a ampliação da interlocução com governos federal e municipais e espaços legislativos e as contribuições para o enfrentamento às mudanças climáticas com o projeto Amazônia, levado ao Congresso Mundial UIA 2023. “Nossa missão é proteger a sociedade e estamos fazendo isso com valorização dos arquitetos, abrindo novos mercados de produção de moradia digna para o povo brasileiro”, finalizou a presidente, declarando aberta a IV Conferência.  Nadia Somekh encerrou seu discurso desejando a continuidade da construção de um CAU único, capaz de garantir a representação da diversidade brasileira a partir de intenso diálogo. 

 

Relator da Medida Provisória que tratou do Minha Casa Minha Vida na Câmara Federal, o deputado Fernando Marangoni (União-SP) esteve entre os homenageados pelas suas contribuições às pautas relacionadas com a arquitetura e urbanismo. Ele mencionou progressos na proposta com a previsão da Assistência Técnica para todos os empreendimentos, incluindo as reformas por autogestão dos beneficiários, e custeio dos serviços de projetos, e destacou a participação do CAU no avanço da proposta. 

 

Deputado Fernando Marangoni (União-SP)

 

Lembrando que a atual gestão do CAU teve  uma mulher à frente pela primeira vez, Marangoni agradeceu a ampliação do diálogo e a parceria em pautas estratégicas. “O CAU tem trabalhado para promover excelência na Arquitetura e Urbanismo, garantindo qualidade e segurança das estruturas que moldam nosso cotidiano para tornar as cidades mais habitáveis e seguras”. O deputado finalizou seu discurso desejando “que o CAU continue sendo importante ator no processo de articulação e interface com os estados para o empoderamento dos municípios”.

A coordenadora do Fórum de Presidentes, Edwiges Leal, celebrou a institucionalização do fórum como instância que procura garantir a representatividade dos arquitetos de todo o país. “Nós, presidentes, procuramos assegurar um que o Conselho seja mais condizente com nossas realidades tão distintas, e no Fórum construímos uma importante instância de debate e construção coletiva”, afirmou. “Estamos prestes a fechar a gestão com um marco de maturidade do conselho. Avançamos sem deixar nossas obrigações de lado para servir ao país que tanto precisa de nós e da nossa profissão” disse.

 

Edwiges Leal, coordenadora do Fórum de Presidentes

 

O presidente do IAB, Odilo Almeida Filho lembrou que foi um dos fundadores do CEAU, entidade que atualmente coordena, e observou que houve conquistas consolidadas no período recente para a categoria. “Passei seis anos longe da estrutura do CAU e me sinto feliz em observar os avanços que obtivemos. Ao mesmo tempo, estou tenso e ansioso com desafios diante de um mundo em transformação”, afirmou, ressaltando as mudanças tecnológicas e o crescimento do número de profissionais no mercado. “Temos o desafio da reconstrução do país e da democracia, cenário no qual os profissionais têm uma parcela de contribuição para dar”, afirmou.

 

Odilo Almeida Filho, coordenador do CEAU

 

ASSISTA AO VÍDEO SOBRE OS MARCOS DA GESTÃO 2021/2023:

 

CONFIRA OS HOMENAGEADOS:

 

SENADORES DA REPÚBLICA: 

  1. CARLOS PORTINHO (PL-RJ);
  2. DAVI ALCOLUMBRE (UNIÃO-AP);
  3. EDUARDO BRAGA (MDB/AM);
  4. FLÁVIO ARNS (PSB-PR);  
  5. PAULO PAIM (PT-RS); 
  6. RODRIGO PACHECO (PSD-MG);

 

DEPUTADOS E DEPUTADAS FEDERAIS: 

  1. SOCORRO NERI (PP/AC),
  2. ARTHUR LIRA (PP-AL), 
  3. PAULÃO (PT-AL), 
  4. ACÁCIO FAVACHO (MDB-AP), 
  5. ALICE PORTUGAL (PCDOB-BA),
  6. JOSEILDO RAMOS (PT-BA), 
  7. OTTO ALENCAR FILHO (PSD-BA), 
  8. ANDRÉ FIGUEIREDO (PDT-CE), 
  9. IDILVAN ALENCAR (PDT-CE), 
  10. LUIZIANNE LINS (PT-CE), 
  11. MOSES RODRIGUES (UNIÃO-CE), 
  12. ERIKA KOKAY (PT-DF), 
  13. DR. VICTOR LINHALIS (PODEMOS-ES), 
  14. DR. ZACHARIAS CALIL (UNIÃO-GO), 
  15. PEDRO LUCAS FERNANDES (UNIÃO-MA), 
  16. ROGÉRIO CORREIA (PT-MG), 
  17. ZÉ SILVA (SOLIDARIEDADE-MG), 
  18. VANDER LOUBET (PT-MS), 
  19. AIRTON FALEIRO (PT-PA), 
  20. JOAQUIM PASSARINHO (PL-PA),  
  21. RUY CARNEIRO (PODEMOS-PB), 
  22. AUGUSTO COUTINHO (REPUBLICANOS-PB), 
  23. CARLOS VERAS (PT-PE), 
  24. FLÁVIO NOGUEIRA (PT-PI), 
  25. GLEISI HOFFMANN (PT-PR), 
  26. ZECA DIRCEU (PT-PR), 
  27. BENEDITA DA SILVA (PT-RJ), 
  28. JANDIRA FEGHALI (PCDOB-RJ), 
  29. JULIO LOPES (PP-RJ), 
  30. REIMONT (PT-RJ), 
  31. TARCÍSIO MOTTA (PSOL-RJ), 
  32. WASHINGTON QUÁ QUÁ (PT-RJ), 
  33. NATÁLIA BONAVIDES (PT-RN), 
  34. AFONSO MOTTA (PDT-RS), 
  35. ALEXANDRE LINDENMEYER (PT-RS), 
  36. DENISE PESSÔA (PT-RS), 
  37. FERNANDA MELCHIONNA (PSOL-RS), 
  38. LUIZ CARLOS BUSATO (UNIÃO-RS), 
  39. MARIA DO ROSÁRIO (PT-RS),
  40. ANA PAULA LIMA (PT-SC), 
  41. PEDRO UCZAI (PT-SC),
  42. JOÃO DANIEL (PT-SE), 
  43. ALENCAR SANTANA (PT-SP), 
  44. ERIKA HILTON (PSOL-SP), 
  45. GUILHERME BOULOS (PSOL-SP), 
  46. FERNANDO MARANGONI (UNIÃO-SP), 
  47. RUI FALCÃO (PT-SP), 
  48. SAMIA BOMFIM (PSOL-SP), 
  49. TABATA AMARAL (PSB-SP). 

 

PREFEITO E PREFEITA MUNICIPAL: 

  1. EDMILSON RODRIGUES – BELÉM (PA), 
  2. KARIME FAYAD – RIO BRANCO DO SUL (PR);

 

A IV Conferência pretende ampliar o diálogo entre os profissionais de Arquitetura e Urbanismo com a sociedade civil e obter contribuições e recomendações sobre a atuação do CAU Brasil e dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal. A programação do evento conta com palestras, mesas de debates e a apresentação de um catálogo de projetos dividido em seis eixos: Valorização da Arquitetura e Urbanismo (ATHIS, Projeto Amazônia 2040 e Valorização da qualidade do exercício profissional, Patrimônio); Inovação e Articulação (Projetos de Lei e articulação com o Executivo e Legislativo, Inovação);  Fiscalização (Normatização, relações institucionais e operacional); Política Profissional (Projetos, normatização e melhorias); – Institucionalidade e Internacionalização; e Formação Profissional (Normativas e relações institucionais, premiações, formação continuada). Acompanhe ao vivo pelo Canal do CAU Brasil no Youtube.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CONFERÊNCIA NACIONAL DE AU

Planejamento estratégico permite avanços nos objetivos do CAU

CONFERÊNCIA NACIONAL DE AU

IV Conferência de Arquitetura e Urbanismo: Diversidade, equidade e transformação em debate no último dia do evento

CONFERÊNCIA NACIONAL DE AU

IV Conferência de Arquitetura e Urbanismo: Confira ações de Fiscalização e Política Profissional

CONFERÊNCIA NACIONAL DE AU

Projetos institucionais, mobilidade internacional e formação são apresentados durante IV Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo

Pular para o conteúdo