UIA 2023

No UIA2023CPH, CAU Brasil assina acordo com Regional de Arquitetos dos Países Andinos

 

Participando ativamente do 28º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2023CPH), o CAU Brasil acabou de fechar mais uma parceria estratégica para proteção da Amazônia e fortalecimento da Arquitetura Sustentável. Missão brasileira está em Copenhagen para reafirmar a projeção dos(as) arquitetos(as) e urbanistas brasileiros(as) no mercado internacional.

 

Nesta segunda-feira, foi assinado um memorando de entendimento entre o CAU Brasil, a Regional de Arquitetos do Grupo Andino (RAGA) e do Conselho Profissional Nacional de Arquitetura e Profissões Auxiliares da Colômbia (CPNAA), alinhando objetivos e ações em prol da proteção da Amazônia. O encontro foi agendado pela Comissão de Relações Internacionais (CRI) do CAU Brasil. 

 

Na reunião com os representantes do Brasil, a presidente da RAGA, Rím Safar, falou sobre recente a criação da Comissão da Região Amazônica, um grupo de arquitetos da Bolívia, Colômbia, Equador e Peru. Essa comissão do RAGA dedica-se a pesquisar e promover a identidade da arquitetura amazônica.

 

Presidente da RAGA, Rím Safar, com a presidente do CAU/AC e representante do Fórum de Presidentes dos CAU/UF, Dandara Lima, e o conselheiro do CAU Brasil Valter Caldana

 

O conselheiro do CAU Brasil Ricardo Mascarello, coordenador da Comissão de Política Urbana e Ambiental (CPUA),  então apresentou os objetivos do Projeto Amazônia:

 

  • Divulgar as boas práticas e os saberes ancestrais da Amazônia na área de Arquitetura e Urbanismo
  • Orientar arquitetos(as) e urbanistas brasileiros(as) para combater as mudanças climáticas
  • Promover ações de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS)
  • Articular e capacitar os profissionais, gestores, pesquisadores e estudantes que atuam no território amazônico
  • Dar visibilidade à Arquitetura e Urbanismo da Amazônia no cenário nacional e internacional

 

A conselheira Ana Cláudia Cardoso pediu contribuições aos convidados sobre as iniciativas de cada país para sua parte amazônica. No final, o conselheiro Valter Caldana, representante da CRI em Copenhagen, trouxe um panorama geral dos projetos do CAU Brasil e destacou a importância dos acordos de cooperação para a troca de informações e colaboração entre os conselhos. 

 

Foi assim que surgiu a proposta do memorando de entendimento entre o CAU Brasil, a RAGA e o CPNAA, estabelecendo objetivos comuns e formas de cooperação entre os arquitetos.

 

 

O acordo pretende impulsionar o ensino, a pesquisa, a prática e o desenvolvimento da Arquitetura, além de fortalecer a fiscalização e a ética da profissão. 

 

O CAU Brasil está no UIA2023CPH mostrando ao mundo a força da Arquitetura Brasileira e buscando novas parcerias estratégicas para abrir as fronteiras do mundo para nossos(as) arquitetos(as) e urbanistas. 

 

Veja a programação do CAU Brasil no UIA2023CPH

MAIS SOBRE: UIA 2023

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Relações Internacionais

CAU Brasil assinou memorando de entendimento com CPNAA e RAGA

Relações Internacionais

CAU Brasil firma termo aditivo com Conselho Superior dos Colégios de Arquitetos da Espanha

Relações Internacionais

Na Dinamarca, CAU Brasil e OA/PT assinaram aditamento do acordo das duas instituições

UIA 2023

Arquiteto brasileiro Nivaldo Andrade é o novo vice-presidente das Américas para a UIA

Pular para o conteúdo