MANIFESTAÇÕES OFICIAIS

NOTA OFICIAL EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DO PATRIMÔNIO CULTURAL

 

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo repudia com veemência os ataques contra a Democracia e contra o Patrimônio Cultural da Humanidade que acontecem em Brasília neste domingo, 8 de janeiro.

 

Os atos de depredação no Palácio do Planalto, no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal  constituem-se em atentados graves contra as eleições democráticas, contra a segurança da população e também contra os acervos históricos do primeiro conjunto urbano do século XX reconhecido como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas.

 

Arquitetas e arquitetos e urbanistas do país, em defesa da Nação, defendemos a pacificação das ruas, o restabelecimento do Estado Democrático de Direito e também o restauro do patrimônio público danificado pelos vândalos e criminosos que ameaçam a Ordem Constitucional vigente.

 

Brasília, 8 de janeiro de 2023

 

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil)
Fórum de Presidentes dos CAU/UF

10 respostas

  1. Enquanto não forem estabelecidas regras de ocupação dos espaços públicos no Brasil cenas como as que vimos em Brasília continuarão. As nossas praças monumentos estabelecimentos públicos não são respeitados e não podem ser invadidos depredados e ocupados Uma cidade e um país que respeita seu patrimônio progride e cria um pertencimento com amor e orgulho

  2. Parodiando alguns autores:
    “Um povo que não preserva seu passado, é um povo sem identidade!”; (…………………..)
    “Um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la.” (Edmund Burke).
    É preciso dizer mais?

  3. Estranho esta manifestação deste Conselho neste momento. Em outros momentos semelhantes, perpetrados por outros agentes políticos, não houve qualquer manifestação. Isto caracteriza uma posição política deste Conselho, a qual repudio veementemente!

  4. Um bom começo para restabelecer. a Ordem, segundo aclamo da presente Nota, seria a punição dos verdadeiros mandantes e autores.
    Não há como chegar a um resultado sem desvendar os mistérios que envolvem esse episódio.
    Todos que de uma forma ou de outra, praticaram a barbárie tem que ser “PUNIDOS” de acordo com o Rigor da Lei.

  5. Vcs são culpados por apoiar a esquerda. Isso é a esquerda quem faz. Podem ter certeza, que se esse ladrão condenado continuar será daí para pior. Engraçado que quando depredaram com queima de pneus uma estátua em São Paulo vcs não falaram nada.

  6. O desrespeito a coisa pública tem crescido de uns tempos para cá.
    Portanto faz-se necessário uma discussão profunda por toda a nossa sociedade sobre as regras republicanas.
    Esta depredação e vandalização com tamanha violência é mais do que atingir os símbolos arquitetônicos e culturais, mas contra as instituições vigentes, ou seja, os três poderes do Estado (executivo, legislativo e judiciário).
    Faz-se necessário recuperar os comportamentos civilizatórios que a humanidade construiu e avançarmos no sentido de aumentar os debates e diálogos, não lançar mão de atos bárbaros e inconsequentes e irresponsáveis.
    É necessário que se ponha um limite nestas atitudes insanas e antidemocráticas. A democracia é uma construção da humanidade que deve ser aperfeiçoada.

  7. Quando falamos a nível de país , onde todos somos cidadãos, donos da propriedade cultural que nossos ancestrais e antecessores criaram , legado deixado por aqueles que ajudam e ajudaram a construir a identidade de sermos brasileiros, ser destruídos em questão de horas por motivo toper. É um desrespeito cometido em deixar que alguns brasileiros orientados por “fakes news”, ódio, atos bárbaros, etc, que deve ser
    considerado como imoral, vergonhoso, repudiado moral e socialmente, algo desprezível. Em total desacordo com a Constituição Federal de 1988 art.216, onde coloca o que é patrimônio, e sendo identificado o que fizeram em Brasília como ” Causar danos ao patrimônio público é crime previsto no artigo 163 do Código Penal, sob pena que pode ir de seis meses a um ano de prisão ou o pagamento de uma multa”. Somos brasileiros e arquitetos não podemos deixar isto em vão.

  8. Nossos caríssimos e honrados colegas; Lúcio Costa e Oscar Niemeyer e suas equipes de trabalho que tanto fizeram pela a arquitetura mundial e para o nosso Brasil. Os fatos ocorridos foram assombrosos, lamentáveis, horríveis, essa gente tem que ser punida, lutamos muito para termos um pais democrático e tenham certeza meus caros colegas a democracia vai vencer.

  9. Cegueira cognitiva de um Povo não acostumado a Política, manipulados, levados ao erro! Salpicados de infiltrados; esses sim conheciam o métier; depredando e sendo tolhidos pelas pessoas de bem! Mas, deu no que deu né, um “circo”! Esse Circo, com palhaços bozos e nines malabaristas, que escondem ou não sabem, quem são os verdadeiros articulistas! Esses caras vão pegar você que está lendo! Já se falam em retirar o direito de protesto, multa de “20 mil”, perda de aposentadoria, propriedade e mais. Vou contar uma história bem curta, aonde isso aconteceu! A cúpula ficou tão curta que, não deu pra todo mundo se resguardar por ela, então veio; veja aí o que pode te pegar; você pode estar de qualquer lado tá, do bozo ou do nine! Pra você vai sobrar: A fome, o desemprego ou o subemprego, o mercado negro, desnutrição e a miséria! O desterro é a melhor das hipóteses; a não ser que você esteja dentro daquela minúscula cúpula e se estiver, vai fazer o possível e o impossível para não sair dela, mas sempre terá alguém que poderá te jogar pro alto! Viva o desterro então, estou pensando seriamente, aos meus 64 anos. Obrigado, Deus le pague, e viva o CAU!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

MANIFESTAÇÕES OFICIAIS

Nota de Solidariedade dos Arquitetos e Urbanistas ao Desastre Climático no Amazonas

Atividades privativas

CAU dos Estados e do DF apoiam repúdio do CAU Brasil à Resolução Nº 205/2022 do Conselho Federal dos Técnicos (CFT)

MANIFESTAÇÕES OFICIAIS

Nota Oficial sobre Atribuições Profissionais dos Técnicos Industriais

CAU/BR

Nota de Solidariedade do CAU Brasil ao Nordeste

Pular para o conteúdo