CAU/BR

Ouvidor apresenta proposta para integrar sistemas de informação do CAU

 

O novo ouvidor-geral do CAU/BR, Roberto Simon, apresentou aos conselheiros federais um primeiro apanhado de seus objetivos na função. Durante a 44ª Plenária, realizada em Brasília, Simon destacou a necessidade de o CAU ampliar e qualificar suas ferramentas de comunicação e atendimento com os arquitetos de todo o Brasil, principalmente a partir do uso das novas tecnologias.

 

“Os avanços da tecnologia têm trazido ferramentas que, com investimentos razoáveis, permitem aos organizações menores mas empreendedoras recursos que há alguns anos só eram possíveis para as grandes”, afirmou o ouvidor. “Com isto, os menores adquirem uma nova dimensão, exemplo do CAU nesses poucos anos de vida frente aos conselhos estruturados ao longo de dezenas de anos”.

 

Nos últimos 30 dias, Roberto Simon promoveu reuniões com a Assessoria de Comunicação Integrada e com o Centro de Serviços Compartilhados (CSC) sobre as diversas frentes de atendimento aos profissionais de Arquitetura e Urbanismo, em especial a Central de Teleatendimento Qualificado, que gere o 0800-883-0113.

 

“É preciso treinar nossos atendentes para que entendam que resolver as questões do arquiteto é o fator mais importante. Portanto treinamento através de videos ou Educação a Distância devem ser uma constante”, disse. “As pessoas não são obtém solução de seus problemas somente com sorrisos. É preciso ter processos eficazes”.

 

Com o uso do sistema de “Business Intelligence”, o cruzamento de dados extraídos dos sistemas que regem as operações da organização vai possibilitar novas direções e novas estratégias de contato com os arquitetos e urbanistas. O objetivo é, ao final, coordenar os diversos canais em uma Rede de Atendimento Integrada, permitindo que todos os profissinais brasileiros possam contar com o CAU na solução de seus problemas e dúvidas. “Principalmente conectando todos a um mesmo sistema de informação, que mantenha a base de dados acessível e passiva de estatísticas identificadoras de nossos pontos fortes e fracos”, afirmou Simon.

MAIS SOBRE: CAU/BR

3 respostas

  1. É isso aí Simon. A tecnologia está aí. Só precisamos usa-la. Pŕa isso é preciso q alguem comece o processo com seriedade e vá até as ultimas consequencias. Parceiros pra isso com certeza virão. Parabens Simon, vc é o cara. Um grande abraço. Pedro Cury

  2. Vídeos com passo a passo para nós arquitetos aprendermos a utilizar melhor o sistema ou mesmo as tabelas de honorários também seriam de grande valor.

  3. Roberto Simon, vejo que está havendo uma continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo Tibiriça e Haroldo.
    Está em boas mãos.
    Continuando os pensamentos e papos daquela época, vejo que pode ser útil fazer alguns comentários.
    Por exemplo:
    Cabe ao CAU e outros Conselhos profissionais cumprir com a sua contrapartida de proteger a sociedade do exercício profissional ilegal, mas principalmente do incompetente, desastroso para as pessoas e para as cidades.
    Esse canal do CAU com a SOCIEDADE é complicado, eu sei, pois nossos instrumentos de comunicação é de certa forma restritivo aos Arquitetos e Urbanistas.
    A fiscalização que é o ponto avançado do CAU em direção à sociedade, desde os 90 anos do CREA pouco evoluiu nessa relação e menos ainda se mostrou eficiente, necessária e útil para a população em geral.
    Quando vc tiver um tempinho gostaria de voltar a discutir esse assunto, pois somando a Ouvidoria com a Fiscalização existe a possibilidade de ampliarmos nossa presença para proteger a sociedade, principalmente na adequação das nossoas cidades em suas funções básicas, culminando com a agradabilidade dos espaços públicos. Um grande abraço.
    Mario Yoshinaga
    [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

CAU/BR

CAU/BR inaugura Galeria de Presidentes com a presença de três ex-presidentes

Pular para o conteúdo