CAU/UF

Para homenagear Artigas, estudantes pintam muro do CAU/PR

Estudiograma utilizou a pintura e a popular técnica do lambe-lambe para comemorar o centenário de nascimento do arquiteto paranaense

 

O muro da Sede do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR), em Curitiba, trocou o branco pelas cores e por obras que foram representadas pelo Estudiograma – grupo formado por um profissional e cinco estudantes do último ano da graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A ideia foi homenagear o arquiteto curitibano João Batista Vilanova Artigas (1915-1985), um dos três grandes mestres modernistas da arquitetura brasileira ao lado de Lina Bo Bardi e de Oscar Niemeyer. Se estivesse vivo, Artigas completaria cem anos em 2015.

 

A intervenção foi executada com técnicas mistas: primeiro os jovens, que têm entre 22 e 27 anos, pintaram a imagem que caracteriza um espaço interno da Casa Olga Baeta, localizada na capital paulista. “O projeto dessa residência foi muito representativo na carreira do Artigas. A imagem que reproduzimos é bastante clássica pela geometrização do espaço em si”, explicou o estudante e integrante do Estudiograma, Marcelo Miotto.

 

Depois, foram coladas figuras que compõe o restante da intervenção por meio da técnica do lambe-lambe, que imprime cartazes em offset (algo parecido com outdoor) para depois fixar em locais públicos com cola branca ou caseira. “A escolha dessas duas técnicas é uma reflexão sobre como o passar do tempo age na arquitetura. É uma contraposição da obra de Vilanova Artigas, tão autoral e importante, com a arquitetura massiva feita em grande escala”, disse.

 

 

Nem a chuva atrapalhou

A intervenção foi feita neste domingo e nesta segunda-feira (dias 23 e 24). O tempo chuvoso de domingo não foi empecilho para o grupo, que improvisou uma lona para realizar a pintura. “Passamos muito tempo na chuva, que estava forte e gelada. Foi complicado, demorou o dobro do tempo do que em um dia de tempo bom, mas foi ótimo. Aqui, mostramos que a arquitetura é arte, como diria o Mestre Artigas”, destacou o também estudante e integrante do Estudiograma, Felipe Santos Gomes.

 

 

Interação com celular será instalada nesta quarta-feira

A intervenção também utilizará a técnica da realidade aumentada. Essa instalação será feita nesta quarta-feira (26). Quem tiver um celular com acesso à internet vai poder interagir e ter mais informações da obra realizada e sobre o arquiteto Vilanova Artigas. “É algo além do que os olhos enxergam. A tecnologia será apenas um bônus. Vale observar que tudo aquilo que pensamos em termos de conceito já está no muro, sem precisar do uso do aplicativo”, ressalta o integrante do Estudiograma, Rodolfo Scuiciato.

 

Em junho, o Estudiograma já havia feito um tributo para o Mestre Artigas em um local, no centro da cidade. O Muro da Sociedade Operária foi dividido em nove partes com figuras de obras e até mesmo um retrato do arquiteto. Nessa oportunidade, o grupo utilizou apenas a técnica do lambe-lambe.

 

Fonte: CAU/PR

 

Publicado em 25/08/2015

MAIS SOBRE: CAU/UF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Roberto Bratke, arquiteto que transformou a paisagem da zona sul de São Paulo, morre aos 88 anos

ASSESSORIA PARLAMENTAR

NOTA OFICIAL: Esclarecimentos sobre o PL 2081/2022

CAU/UF

Profissionais debatem os desafios das arquitetas e arquitetos negros

Pular para o conteúdo