ARQUITETOS EM DESTAQUE

Paulo Mendes da Rocha ganha Medalha de Ouro 2021 da UIA

A medalha de ouro da UIA 2021 foi concedida ao arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, “cuja obra atemporal tem marcado a arquitetura”. A entrega será feita por ocasião do Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO) em julho. 

 

“O júri apreciou o trabalho único de Mendes da Rocha como o de um ousado iconoclasta cujo trabalho levou a arquitetura a novos patamares de virtuosismo técnico. Seu trabalho também incorpora fortes elementos pessoais e sociais de integridade, refletidos em sua habilidade de transcender fronteiras enquanto mantém um senso fundamental de lugar conectado a sua terra natal e cultura”, diz parecer do juri, que complementa: “As conquistas de Paulo Mendes da Rocha, ao longo de sete décadas, ilustram claramente um compromisso que valoriza a arquitetura como gesto público”.

 

 

Compuseram o juri, os arquitetos e urbanistas Nadia Somekh (presidente do CAU Brasil),   Kai-Uwe Bergmann (Dinamarca), Eva Jiricna (República Tcheca), Victor Leonel (Angola) e Thomas Vonier (EUA).

 

Entre outras honrarias, Paulo Mendes da Rocha já recebeu o Prêmio Mies van der Rohe de Arquitetura Latino-americana em 2000; o Prêmio Pritzker (“o Nobel da Arquitetura”) em 2006; o Leão de Ouro da Bienal de Veneza de 2016; o Imperiale Praemium (Prêmio Mundial de Cultura em Memória de Sua Alteza Imperial o Príncipe Takamatsu do Japão), também em 2016;  e a Medalha de Ouro Real de 2017 do Royal Institute of British Architects (RIBA).

 

Paulo Mendes da Rocha, atualmente com 92 anos de idade,  é um dos expoentes da chamada “escola paulista”, grupo de arquitetos modernistas liberado por Vilanova Artigas. São de sua autoria projetos como Ginásio do Clube Atlético Paulistano (um dos primeiros trabalhos, com João De Gennaro),  o Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), a reforma da Pinacoteca do Estado (com Eduardo Colonelli), o Sesc 24 de Maio (um dos mais recentes, com MMBB Arquitetos) e o Museu da Língua Portuguesa (com o filho Pedro Mendes da Rocha), todos em São Paulo. Outro trabalho recente é o  novo Museu dos Coches, em Lisboa (Portugal), aberto ao público em 2015, e o Sesc 24 de Maio, em São Paulo, inaugurado em 2017.  Ele também projetou o Cais das Artes, em Vitória (Espírito Santo), sua cidade natal, em construção. 

 

Museu dos Coches, Lisboa

 

 

Pinacoteca do Estado, São Paulo

 

Sesc 24 de Maio, São Paulo

 

Criada em 1984, a Medalha de Ouro UIA reconhece as realizações arquitetônicas de destaque por um arquiteto ou grupo de arquitetos, levando em consideração o conjunto de obra  construído ao longo de um período prolongado. Dentre os vencedores anteriores incluem-se o japonês Toyo Ito, o italiano Renzo Piano, o sino-estadunidense I.M., o português Álvaro Siza e o espanhol Rafael Moneo (ver relação completa abaixo). 

 

VIDA E OBRA

Em 2016, aliando-se às homenagens prestadas por ocasião do recebimento do Leão de Ouro da Bienal de Veneza, o CAU Brasil lançou um hotsite especial contando a vida a obra de Paulo Mendes da Rocha. Navegue pelo hotsite para conhecer mais sobre ele e sua obra:

 

Home – “Intelectual inconformado, arquiteto desafiador e humanista apaixonado. Uma “lenda vida”

 

Biografia – O pai engenheiro e Vilanova Artigas, esteios da formação do arquiteto

 

Projetos – Projetos em destaque

 

Linha do Tempo – Vida profissional e obra completa

 

Prêmios – Um colecionador de prêmios

 

Entrevista – Sem entre linhas (entrevista para o CAU/SP)

 

Vilanova Artigas – O Paulo, seu pai e o meu pai (por Rosa Artigas)

 

Depoimentos – Colegas falam de Paulo Mendes da Rocha

 

Vídeos – Documentário, palestras e entrevistas

 

Links – Links de matérias e artigos sobre Paulo Mendes da Rocha

 

Bibliografia – Livros sobre o arquiteto

 

Aula Magna de Paulo Mendes da Rocha na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo (2017)

 

OUTROS PRÊMIOS

Junto com a Medalha de Ouro a UIA divulgou também os ganhadores de outros cinco prêmios:

 

Prêmio Robert Matthew para Ambientes Humanos Sustentáveis: Francis Kéré (Burkina Faso)

 

Prêmio Jean Tschumi por contribuições escritas sobre Arquitetura: Doğan Kuban (Turquia)

 

Prêmio Auguste Perret para Tecnologia em Arquitetura: Anupama Kundoo (indiano) & Rudy Ricciotti (francês)

 

Prêmio Patrick Abercrombie de Arquitetura e Planejamento Urbano: Joan Busquets i Grau (espanhol)

 

Prêmio Vassilis Sgoutas de Arquitetura de serviços para populações mais vulneráreis: três nominações: David Kaunitz e Ka Wai Yeung (casal australiano), Nadia Tromp (África do Sul) e Jiansong Lu (China)

 

GANHADOES DE MEDALHAS DE OURO 

Eis a lista dos arquitetos e urbanistas homenageados com a Medalha de Ouro da UIA:

 

1984 – Hassan Fathy (Egito)
1987 – Reima Pietila (Finlandia)
1990 – Charles Correa (India)
1993 – Fumihiko Maki (Japão)
1996 – Rafael Moneo (Espanha)
1999 – Ricardo Legorreta (México)
2002 – Renzo Piano (Italia)
2005 – Tadao Ando (Japão)
2008 – Teodoro González de León (México)
2011 – Alvaro Siza (Portugal)
2014 – Ieoh Ming Pei (sino-americano)
2017 – Toyo Ito (Japão)

 

 

Edição atualizada às 20h19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Projeto brasiliense ganha destaque Internacional no Prêmio ArchDaily Edifício do Ano 2024

CAU/BR

Nota Oficial: SICCAU

CAU/BR

CAU/BR reforça laços com parlamentares federais para fortalecer pautas da categoria

CAU/BR

Concurso CAU Brasil: resultado final das provas objetivas e resultado provisório da prova discursiva

Pular para o conteúdo