CAU/UF

Plano Diretor de Ciclovias de Teresina contará com participação popular

A mobilidade urbana em Teresina ganhará um grande aliado com o Plano Diretor de Ciclovias de Teresina. Através dele será possível estabelecer diretrizes que trarão melhorias no sistema viário, permitindo a integração entre os mais diversos meios de transporte. Parte do planejamento inclui a participação popular através do preenchimento de um formulário online.

 

A secretária executiva de Planejamento Urbano da Secretaria de Planejamento do Município, Constance Jacob, explica que o Plano Diretor Cicloviário simboliza a mudança que a atual gestão busca imprimir em Teresina: a da inversão de prioridades no trânsito. “Pela primeira vez em sua história, nossa cidade está sendo pensada também pela ótica do ciclista. Não só aquele que usa a bicicleta nos finais de semana, mas, principalmente, aqueles milhares de teresinenses que a utilizam diariamente, seja para ir e voltar ao trabalho, ou para suas atividades do dia a dia”, explica.

 

Uma das ferramentas do Planejamento é a participação da população. “A melhoria da convivência no trânsito e a inversão de prioridades com a valorização do pedestre, dos meios de transporte alternativos e do transporte público tem sido perseguida por nós desde o início da gestão. Precisamos ouvir esse usuário”, destaca Constance.

 

O formulário encontra-se disponível através do link http://bit.ly/1B86z5B e pode ser preenchido por todos, inclusive, por quem não anda de bicicleta. O objetivo do Plano é traçar a malha cicloviária do município, prevendo a integração com as estações da Transbordo e interconectando a cidade, bem como promover uma melhor convivência entre motoristas, pedestres e ciclistas. “Nesse momento pretendemos ouvir a população para que possamos definir a melhor maneira de traçar essas rotas”, conclui a secretária executiva.

 

Fonte: CAU/ PI – Publicado em 21/1/2015

MAIS SOBRE: CAU/UF

Uma resposta

  1. Acho que já vem tarde, mas ainda é possível fazer, esta forma de locomoção já poderia está dominando os espaços em nosso viário, até porque o que representa esse salário minimo? para um pai de família.
    Esses políticos em nosso Brasil só se incomodam com seus interesses particulares.
    Vamos mudar essa visão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Roberto Bratke, arquiteto que transformou a paisagem da zona sul de São Paulo, morre aos 88 anos

ASSESSORIA PARLAMENTAR

NOTA OFICIAL: Esclarecimentos sobre o PL 2081/2022

CAU/UF

Profissionais debatem os desafios das arquitetas e arquitetos negros

Pular para o conteúdo