CAU/BR

Plenário do CAU Brasil homologa resultados do Edital de Patrocínio Cultural de 2021

 

O Plenário do CAU Brasil homologou os resultados do Edital de Patrocínio Cultural de 2021. Foram selecionados nove publicações, sete eventos e quatro produções para apoio financeiro no valor total de R$ 100.000. Como o CAU financia no máximo 50% de cada projeto, considera-se que o valor total das ações apoiadas maior que R$ 200.000. Objetivo é orientar e aperfeiçoar o exercício ético e qualificado da profissão e promover o acesso universal à Arquitetura e Urbanismo.

 

“O Conselho entende que a cultura e a arte têm um potencial avassalador de comunicação e de alcançar espaços diversos na sociedade. Essas ações têm um poder de tradução e objetificação de conceitos muito complexos”,afirmou a conselheira federal Cladua Sales (CE), que dividiu a coordenação da Comissão de Seleção com o conselheiro Roberto Salomão (PE). “É importante que o CAU mantenha essa política de incentivo, com isso teremos projetos cada vez melhores e sendo devolvidos para a sociedade”, afirmou Salomão.

 

Projetos vão abordar três eixos temáticos: revisitar a história, retratar o presente e traçar caminhos para a Arquitetura e Urbanismo. Processo de escolha envolveu critérios como: potencial para a territorialização da Arquitetura e Urbanismo, originalidade e inovação, convergência com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU e justiça social e inclusão.

 

 

Maior prontuação foi alcançada pela Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Será criado um módulo sobre diversidade na exposição virtual Cidade 60+, sobre Arquitetura para idosos, com depoimentos de usuários e e especialistas da área. Serão abordadas ainda as desigualdades enfrentadas pelas pessoas idosas LGBTQIA+ e negras.

 

Em segundo lugar, ficou o Laboratório da Cidade, de Belém (PA), com a nova temporada do podcast “Papo de Cidade”. Serão desenvidos 10 artigos jornalísticos, cinco episódios do podcast, e dois eventos presenciais com convidados especialistas para falar de temas urbanos com enfoque em cidades sustentáveis. Em terceiro, o Instituto Pólis, de São Paulo, vai publicar o livro digital “Cidade e pandemia: contribuições da arquitetura e do urbanismo para políticas públicas em crises sanitárias”.

 

 

Outro agraciado foi o centro de pesquisa Sol Movimento da Cena, de Salvador (BA). O projeto “Arquitetura e Movimento #1Lelé” reúne dança, arquitetura e audiovisual. Consiste em uma premiação e exibição de 10 videodanças tendo como cenário as obras do arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, além da produção de um vídeo ‘Lelé: o arquiteto inteiro’ em homenagem aos 90 anos do profissional falecido em 2016.

 

Confira aqui os resultados do Edital de Patrocínio Cultural

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PLENÁRIAS

Plenária do CAU/BR apoia Projeto de Lei do Selo de Engenharia e Arquitetura Solidária

CAU/BR

Inegável a relação entre o turismo e a profissão de arquiteto e urbanista

EDITAIS

Iphan e Ministério da Cultura lançam edital para projeto de restauro da Praça dos Três Poderes

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Pular para o conteúdo