CATEGORIA

Prêmio Obra 2019: conheça os finalistas do maior prêmio da arquitetura lusófona

O ArchDaily apresentou os projetos finalistas do Prêmio Obra do Ano 2019 (ODA19)Após duas semanas de nomeações, e mais de 10.000 votos, foram escolhidos os projetos favoritos entre centenas de obras construídas nos países de língua portuguesa. O júri de especialistas, composto por leitores do portal, realizou a seleção das 15 obras. Os finalistas abrangem uma diversidade de programas. Há projetos culturais, comerciais, educacionais, praças, residências de alto padrão e remodelações. A seleção é uma amostra interessante da produção arquitetônica contemporânea em Brasil e Portugal, “fortemente marcada pela exploração dos materiais, a riqueza de nossos contextos geográficos e os diversos desafios enfrentados pelas nossas sociedades”, segundo o portal.

 

 

 

 

Entre os 15 finalistas, 9 projetos brasileiros e 6 portugueses. Dois escritórios repetiram a boa atuação no ano de 2017 e figuram como finalistas novamente em 2018. O Studio Mk 27, por exemplo, tem dois projetos finalistas neste ano. O escritório português PROMONTORIO também figurou entre os finalistas dois anos consecutivos.

 

O resultado será divulgado no dia 24 de abril de 2019!

 

ESCOLHA E VOTE NOS SEUS PROJETOS FAVORITOS!

 

Casa João de Barro /  Terra e Turma Arquitetos Associados

 

Sesc 24 de Maio / Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos

 

micasa vol.C / Studio MK27

 

 

Museu Cais do Sertão / Brasil Arquitetura

 

 

Casa Terra / Bernardes Arquitetura

 

Centro Comunitário Camburi / CRU! Architects

 

 

 

Casa Santa Teresa / Carla Juaçaba

 

Centro Universitário Maria Antônia / UNA Arquitetos

 

 

Casa Plana / Studio MK27 + Marcio Kogan + Lair Reis

 

 

Fonte: ArchDaily

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo