EVENTOS

Acesse a íntegra dos vídeos do Encontro das Comissões de Ensino e Formação

A Comissão de Ensino e Formação do CAU Brasil promoveu nos dias 10 e 11 de março encontro com as Coordenações das CEF-UF.

 

Um dos destaques da programação foi a participação do ex-ministro da Educação e atual presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o filósofo Renato Janine Ribeiro, na sexta-feira, dia 11, às 11 horas.  Com o tema “Formação, pesquisa, prática profissional, compromisso social e soberania”, a palestra poderá ser acompanhada ao vivo pelo público pelo canal do CAU Brasil no Youtube.

 

 

No encontro foram apresentados projetos a serem implementados pelo CAU Brasil em 2022 e que já se encontram em fase de elaboração. Entre eles, estão a montagem de um banco de dados da formação e do ensino dos cursos de Arquitetura e Urbanismo no Brasil e a realização do I Encontro Nacional de Formação e Prática Profissional.

 

Outra iniciativa inovadora da comissão é o Projeto Lelé. O projeto traz no nome uma homenagem ao arquiteto e urbanista João Filgueiras Lima e tem como objetivo a integração e inserção de estudantes de graduação em fase de conclusão de curso em iniciativas de desenvolvimento da arquitetura e urbanismo nacional.

 

FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL

De acordo com o coordenador da CEF/CAU Brasil, Valter Caldana, o Encontro das Comissões de Ensino e Formação será uma oportunidade para a análise de conjuntura nacional sobre a formação profissional no Brasil, abrangendo tanto as etapas pré-universitária, com ênfase na construção da cidadania; quanto pós-universitária, considerando a produção de conhecimento. “Formação é mais abrangente do que o ensino do primeiro ao quinto ano de graduação. O ensino do ponto de vista didático-pedagógico é uma atribuição da universidade. Entre a graduação e o início da vida profissional, a CEF vai trabalhar no acolhimento do jovem arquiteto”, afirma.

 

 

O conselheiro federal, que ocupa a vaga de representação das Instituições de Ensino Superior no CAU Brasil, defende a ampliação do olhar sobre a atuação profissional do arquiteto e urbanista, incluindo o seu papel como pesquisador.  “Hoje, a pesquisa é uma atribuição profissional. Não há pesquisadores apenas na academia, mas arquitetos que fazem pesquisas em órgãos públicos, na indústria, no cotidiano de pequenos e médios escritórios”.

 

Assim, as ações gestadas pela CEF partem destas perspectivas da formação e prática profissional. “O CAU já tem projetos importantes nesta direção, como o CAU Educa e os editais Culturais e de ATHIS. Vamos trabalhar agora fortemente na recepção e acolhimento de formandos e formandas, através do projeto Lelé, na residência e na formação continuada”.

 

 Confira a programação:

 

10/03 | Quinta-feira

. 15h – Credenciamento

. 16h – Abertura oficial

. 16h15min – Apresentações

. 17h15min – Intervalo

. 17h30min – Palestra de abertura

. 18h – Debate

. 18h30min – Dinâmica de grupo

. 19h30min – Encerramento

 

11/03 | Sexta-feira

. 9h – credenciamento

. 9h30min – apresentação do Projeto Banco de Dados

. 10h45min – Intervalo

. 11h – Palestra com o Professor Renato Janine Ribeiro

. 11h45min – Debate

. 12h30min – Intervalo

. 14h – Apresentação do Projeto Encontro Nacional

. 15h30min – Intervalo

. 16h – Apresentação do “Projeto Lelé”

MAIS SOBRE: EVENTOS

Uma resposta

  1. eu estarei fora do escritorio em perícia judicial o dia inteiro
    e gostaria de assistir essa palestra
    ela poderia ficar gravada por 24horas
    obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

EVENTOS

Estão abertas as inscrições do 7º Congresso Internacional de Arquitetura da Paisagem

EVENTOS

Inscrições abertas para o Seminário Nacional FNA de Arquitetura e Urbanismo

EVENTOS

Florianópolis sediará o mais importante evento de Arquitetura e Urbanismo do Sul. Leão de Ouro de Veneza, paraguaio Solano Benitez será palestrante

EVENTOS

Palestrantes do Ciclo de Debate “Patrimônio e Acervos – memórias da arquitetura brasileira”

Pular para o conteúdo