RECENTES

Presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, participa como debatedora de aula aberta sobre Justiça Espacial

Nadia Somekh participou como debatedora da aula aberta que teve como tema “Planejamento Estratégico Integrado desafios da Justiça Espacial e da participação Holanda e Brasil”

 

Na noite desta segunda-feira, dia 10 de abril, no auditório Benedicto Novaes Garcez, da Faculdade Mackenzie, em São Paulo, a presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil), Nadia Somekh, participou como debatedora da aula aberta que teve como tema “Planejamento Estratégico Integrado desafios da Justiça Espacial e da participação Holanda e Brasil”.

 

O evento integra parte das atividades desenvolvidas no período de 3 a 17 de abril, pelo professor Roberto Rocco (TU Delft), professor visitante junto ao projeto “Cidade, Projeto e Equidade: Das linguagens e Apropriações às Formas de Regulação”, financiado pelo Projeto CAPES/PRINT.

 

Roberto Rocco contou sobre sua experiência como professor de Urbanismo na Holanda. Especialista em governança urbana e transição para sustentabilidade e, ainda, consultor da União Europeia, Rocco descreveu a importância de construir projetos e de ter planejamento urbano aliado a tecnologia bem como a participação na Holanda.

 

“Apesar de viver há mais de 20 anos na Holanda sei que o Brasil tem e continua com desafios muitos diferentes. A realidade de planejamento é uma delas. O Brasil tem situações esmagadoras e muito graves e que talvez as ideias de planejamento da Holanda não consigam dar conta”, comentou.

 

Professor Roberto Rocco (TU Delft), professor visitante junto ao projeto “Cidade, Projeto e Equidade: Das linguagens e Apropriações às Formas de Regulação”, financiado pelo Projeto CAPES/PRINT

 

Rocco explicou que o sistema no país europeu é baseado em ação coletiva, busca de consenso e fé nas instituições. Um exemplo é o Pacto Verde Europeu que traz pesquisa e inovação para construção e reformas eficientes, metas climáticas, mobilidade sustentável, energia limpa, entre outros. “Uma cidade saudável é justa. Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que atende às necessidades atuais sem comprometer gerações futuras”.

 

Nadia Somekh, que é professora emérita do Mackenzie, destacou como é importante os valores ensinados para os alunos durante a apresentação do professor Roberto Rocco e como o CAU Brasil tem ações numa escala local e global que convergem com os temas apresentados durante a aula.

 

Ela explicou que no país são mais de 25 milhões de moradias precárias. “Existe uma lei desde 2008 que prevê que a população tem direito a melhorias em sua moradia, o CAU tem utilizado recursos previstos, mesmo em uma escala pequena e que precisa ser ampliada. Além disso, temos feito gestão junto ao Governo Federal, Prefeituras e também buscando emendas parlamentares para aprimorar habitações. Nós, profissionais de Arquitetura e Urbanismo, podemos melhorar a vida e a saúde das pessoas e estamos propondo um Sistema Único de Cidades. A ideia é ter junto um posto de saúde e um escritório de arquitetura para poder melhorar as condições das casas e espaços públicos que necessitam de melhorias”.

 

O palestrante reconheceu que as ações do CAU Brasil de construir uma cidade saudável e sustentável são um bom caminho para alcançar a justiça espacial.

MAIS SOBRE: RECENTES

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

RECENTES

Terceira edição da Revista Urbanidade apresenta desafios e soluções

RECENTES

CAU/SP recebe doação de acervo do arquiteto Miguel Alves Pereira

RECENTES

Edital de consulta pública de solução BIM para automação de projetos de edificações em Minas Gerais

RECENTES

Cadastrados no CAU terão descontos na inscrição da sexta edição do Seminário Internacional A ERA BIM, evento que acontecerá em São Paulo

Pular para o conteúdo