PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Presidentes, Conselheiros e servidores debatem o futuro do CAU em Oficina de Planejamento Estratégico

 

A Oficina de Planejamento Estratégico do CAU, realizada em Brasília nos dias 15 e 16 de agosto, foi uma jornada de reflexão e visão  do futuro. Com mais de 130 participantes, entre presidentes, conselheiros e servidores do CAU Brasil e dos 27 CAU/UF, o evento produziu um balanço das atividades recentes e pavimentou o caminho para um futuro repleto de realizações para a Arquitetura e Urbanismo. 

 

Objetivo foi construir uma metodologia que transforme o Planejamento Estratégico num processo permanente. Evento será repetido anualmente, para monitorar os avanços e os desafios, sempre com foco na missão “Arquitetura e Urbanismo para Todos”! O Modelo de Gestão da Estratégia permitirá ao CAU direcionar suas energias para além das planilhas financeiras, concentrando-se em diretrizes e resultados estratégicos.

 

A presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, destacou que sua gestão promove o Planejamento Estratégico desde o início, quando lançou o Plano de 100 Dias. “Com muita alegria vejo esse coletivo relacionando os resultados da nossa gestão. Estamos construindo um CAU único,  com articulação entre os conselheiros militantes, que trazem das bases as demandas que o Brasil precisa, e os servidores comprometidos”, afirmou. “Somos semeadores daquilo que a sociedade precisa e os arquitetos esperam que a gente faça.”

 

Presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh

 

A vice-presidente do CAU Brasil, Daniela Sarmento, ressaltou os avanços na governança do CAU, principalmente no apoio aos conselhos de menor arrecadação. “Estamos fazendo uma grande reestruturação, entendendo as reais necessidades de governança. É um momento de maturidade, de identificar os avanços que estamos tendo com o Fundo de Apoio”, disse. “Estamos ainda em construção, mas já em outro patamar.”

Por meio de várias dinâmicas de grupo, os participantes debateram como executar e aprimorar os nove Objetivos Estratégicos do CAU, estabelecidos em 2013 no Mapa Estratégico. São eles:

 

  • Tornar a fiscalização um vetor de melhoria do exercício da Arquitetura e Urbanismo
  • Assegurar a eficácia no atendimento e no relacionamento com os arquitetos e urbanistas e a sociedade
  • Estimular o conhecimento, o uso de processos criativos e a difusão das melhores práticas em Arquitetura e Urbanismo
  • Influenciar as diretrizes do ensino de Arquitetura e Urbanismo e sua formação continuada
  • Garantir a participação dos arquitetos e urbanistas no planejamento 
  • territorial e na gestão urbana
  • Estimular a produção da arquitetura e urbanismo como política de Estado
  • Assegurar a eficácia no relacionamento e comunicação com a sociedade
  • Promover o exercício ético e qualificado da profissão
  • Fomentar o acesso da sociedade à Arquitetura e Urbanismo

 

Mais de 130 presidentes, conselheiros e servidores do CAU debateram objetivos estratégicos

 

Numa segunda rodada, discutiu-se a criação de novos objetivos estratégicos considerando os seguintes fatores:

 

  • Sustentabilidade
  • Diversidade & Inclusão
  • Políticas Públicas

 

Essas discussões vão resultar no novo Mapa Estratégico do CAU, que vai indicar o processo contínuo a ser trabalhado nos próximos três anos. Esse mapa, como o nome indica, aponta onde o CAU quer chegar. Esse será o primeiro passo de uma construção que terá ainda, no ano que vem, um Painel de Indicadores e Metas, um Portfólio Estratégico e as metodologias de monitoramento e avaliação. 

 

 

“Nosso planejamento foi muito audacioso, e não há demérito nisso. Conseguimos muita coisa, a partir da nossa união, mesmo com divergências”, disse a presidente Nadia Somekh. “Precisamos agora de serenidade para fazer um balanço e avaliar a potência de tudo que a gente já conseguiu. Estamos plantando sementes para que os futuros conselheiros possam continuar realizando ações importantes em defesa da população”.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

CAU Brasil e CAU/UF planejam mais de 800 ações para 2024, com foco na fiscalização 

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

CAU Brasil aprova novas regras para o desenvolvimento de projetos especiais nos CAU/UF

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Novas Diretrizes Estratégicas do CAU direcionam mais investimentos para fiscalização, comunicação e tecnologia

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Seminário anual da CPFI discute resoluções que estruturam o plano de desenvolvimento do CAU

Pular para o conteúdo