ARQUITETURA SOCIAL

Projeto de ATHIS financiado pelo CAU Brasil começa os trabalhos no Jardim Peri (SP)

 

 

 

Começou mais um projeto de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS) financiado pelo CAU Brasil. Em São Paulo, a Associação Futuro Melhor, no Jardim Peri, realizou sua primeira reunião com a comunidade para conseguir a tão sonhada regularização fundiária para mais de 6.000 famílias. Por meio do Edital de ATHIS do CAU Brasil, arquitetos e urbanistas vão desenvolver um estudo básico de assentamento, que vai apoiar a proposta ao processo de regularização já protocolado na Secretaria Municipal de Habitação. “É um direito da população de baixa renda ter um arquiteto, em um plano em conjunto com a comunidade”, afirma a arquiteta e urbanista Fernanda Colejo, que integra a FIO Assessoria Técnica e Popular, parceira do projeto.

 

Ocupação está localizada nos limites do perímetro urbano da cidade, próximo à Serra da Canteira e hoje corre risco de remoção. Devido à implementação do Lote 12 da Parceria Público-Privada (PPP) da Prefeitura de São Paulo, moradores teriam que abandonar suas casas para que empresas privadas construam habitações de interesse social. Com o projeto financiado pelo CAU Brasil, os moradores querem legalizar suas casas e garantir moradia digna na área em que vivem há mais de 25 anos.

 

 

“O CAU vai nos preparar para lutar pela nossa urbanização”, afirma a Dona Nena, líder da Associação Futuro Melhor. O Jardim Peri virou um símbolo de esperança para muitas pessoas graças à ascensão do jogador Gabriel Jesus, que nasceu no bairro e hoje defende a Seleção Brasileira de Futebol. Na entrada da comunidade, uma grande pintura de seu rosto recebe os moradores e visitantes.

 

“Com o plano de regularização fundiária, os moradores vão poder pleitear essa ação junto à Prefeitura de São Paulo, que é uma coisa que eles tentam fazer há muito tempo e não conseguem. Finalmente, essa comunidade vai ter um apoio técnico qualificado”, afirmou a conselheira do CAU/SP Fernanda Simon, coordenadora da Comissão de ATHIS.

 

Conselheira do CAU/SP Fernanda Simon apresenta as ações que o CAU Brasil tem desenvolvido em prol da moradia digna para todos

 

Fernanda esteve na reunião de lançamento do projeto para apresentar o CAU e suas ações em favor da moradia digna. “É missão do Conselho é garantir o acesso da Arquitetura e Urbanismo à sociedade. Estamos conversando com prefeituras e governos estaduais para incentivar a aplicação da Lei Nº 11.888.”

 

O projeto da Associação Futuro Melhor recebeu R$ 150.000 do Edital de Chamada Pública CAU/BR Nº 05/2021 e também conta com a parceria da FIO Assessoria Técnica Popular, Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos, Defensoria Pública do Estado de São Paulo e BR Cidades. “É muito importante que os moradores estejam juntos nesse projeto, para juntarmos seu conhecimento da comunidade ao conhecimento dos arquitetos”, diz a conselheira Fernanda Simon.

 

Conheça mais sobre o projeto no vídeo abaixo:

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

CAU/BR

CAU/BR inaugura Galeria de Presidentes com a presença de três ex-presidentes

Pular para o conteúdo