CATEGORIA

Recolhimento da Contribuição Sindical até 31/01 garante 10% de desconto

Para usufruirem de desconto de 10% no recolhimento da Contribuição Sindical Urbana (CSU) os arquitetos e urbanistas devem efetuar o pagamento até 31 de janeiro, segundo informa a Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA). Recebem o boleto pelos Correios os profissionais ativos no cadastro do CAU. O valor integral é de R$ 245,22.

 

Profissionais com 35 anos ou mais de graduação e profissionais recém-formados (a partir de 2014) têm direito a desconto de 50% nos pagamentos até 29 de fevereiro.

 

A FNA orienta aos arquitetos e urbanistas que ainda não receberam a guia de recolhimento da CSU para imprimirem o boleto online no site da FNA. Basta acessar o menu “Área Profissional – Contribuição Sindical”. Em caso de dúvidas ou dificuldades, é possível entrar em contato com a Secretaria da Federação pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones 21 2544-6983 e 21 2240-1181.

 

Principal fonte de financiamento do movimento sindical no Brasil, os valores arrecadados por meio da CSU são para o fortalecimento da categoria profissional. O recolhimento é destinado ao sindicato do estado (60%), à FNA (15%), à Confederação (5%), ao Ministério do Trabalho (10%) e às Centrais Sindicais (10%). A parte destinada ao Ministério do Trabalho é depositada na Conta Especial Emprego e Salário, que integra os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

 

 

Publicado em 17/01/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo