ARQUITETOS EM DESTAQUE

Revista elege Jaime Lerner 2º urbanista mais influente da história

Jaime Lerner foi eleito pela revista Planetizen o segundo urbanista mais importante do mundo. O curitibano é o único brasileiro a figurar na lista dos 100 urbanistas mais influentes de todos os tempos elaborada pela publicação dos EUA. Hoje com 80 anos, Lerner foi prefeito de Curitiba por três mandatos e governador do Paraná por oito anos. Ele ficou conhecido pela criação do sistema de corredores exclusivos para BRT e o fechamento da Rua XV de Novembro para carros. O arquiteto e urbanista foi ainda presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA). Em 2010, foi escolhido pela revista “Time” como um dos 25 pensadores mais inovadores do mundo.

 

O profissional fez a palestra magna de abertura da II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo, realizada em 2017 no Rio de Janeiro (RJ). Clique aqui para assistir à íntegra.

 

Jaime Lerner na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo, em 2017 (Foto: CAU/BR)
Jaime Lerner na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo, em 2017 (Foto: CAU/BR)

 

O primeiro lugar ficou com a estadunidense naturalizada canadense Jane Jacobs. O trabalho mais famoso da urbanista é o livro “Morte e vida das grandes cidades”, que mudou a forma como se estudava a dinâmica urbana e a crescente modernista nas cidades na década de 1960.

 

Jane Jacobs foi considerada a urbanista mais influente de todos os tempos (Foto: Phil Stanziola/Wikimedia Commons)
Jane Jacobs foi considerada pela publicação a urbanista mais influente de todos os tempos (Foto: Phil Stanziola/Wikimedia Commons)

 

No ranking elaborado pela revista, Lerner figura à frente de grandes nomes da Arquitetura e do Urbanismo mundial, como Frank Loyd (8º), Le Corbusier (9º) e Vitruvius (55º). Acesse aqui a lista completa.

Uma resposta

  1. – vaiado incansavelmente em audiência pública para apresentação do projeto da orla do Guaiba, em Porto Alegre (todas vaias sob comando do IABrs que em entrevista afirmou que “elas se justificavam”).
    – na mesma audiência, foi ofendido e desqualificado por entidades estudantis que não reconheciam nele o “notório saber” para que assumisse a tarefa do respectivo projeto.
    – foi tão hostilizado na apresentação de seu trabalho que não quis comparecer à inauguração, dizendo deixando para nós a célebre frase “os que criticaram o projeto são os mesmos que agora desfrutam dele.

    Nada como um dia após o outro, e está aí seu maravilhoso legado deixado a cidade de Porto Alegre.
    Parabéns mestre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PRÊMIOS

Prêmio Projeto de Arquitetura reconhecerá obras criadas por arquitetos nacionais

PRÊMIOS

SESI Lab concorre ao 8º Prêmio Obra do Ano da ArchDaily Brasil

PRÊMIOS

Prêmio Deca abre inscrições com novas categorias para arquitetos e designers de interiores

PRÊMIOS

CAU/MT e SOUL premiados com categoria no Prêmio Colunistas  

Pular para o conteúdo