ARQUITETOS EM DESTAQUE

Revista Móbile traz novas seções e aborda BIM na matéria de capa

Além de inovações no projeto gráfico, a mais recente edição da Revista Móbile apresenta uma série de novas seções para os leitores. Logo na abertura da revista, o arquiteto e urbanista vai poder conferir a seção “Na ponta do lápis”, que tem por foco destacar croquis, sejam de obras consagradas ou novos projetos. Nesta edição, o “Aquário do Pantanal”, um projeto de Ruy Ohtake para Campo Grande/MS.

 

CLIQUE AQUI e acesse a versão digital da Revista Móbile #14

 

Em expansão no mercado, a tecnologia BIM (Modelagem da Informação da Construção, na sigla em inglês) é o assunto principal da matéria de capa. Arquitetos e urbanistas discutem os percalços para adoção dessa ferramenta e suas perspectivas. Na seção “Bate Papo”, o foco é a trajetória pessoal e profissional do arquiteto e urbanista Nelson Dupré. Entre outras realizações, Dupré foi responsável pelo projeto para restauração da antiga estação ferroviária Júlio Prestes e sua conversão na “Sala São Paulo” na capital paulista.

 

 

A seção “Arquitetura Paulista” ganhou mais uma página, o que permitiu dar maior destaque à obra e um texto que acrescenta contexto histórico, pessoal e arquitetônico. Na Móbile #14, o destaque é o Teatro Oficina, um projeto de Lina Bo Bardi (1914-1992) e Edson Elito no bairro paulistano do Bexiga.

 

As seções “Exercício Profissional” e “Legislação e Ética” tratam, respectivamente, de um alerta sobre aos riscos dos projetos de lei em tramitação na Câmara dos Deputados, que afetam as atribuições privativas dos arquitetos e urbanistas, e do Código de Ética e Disciplina do CAU/BR, com observações sobre seus principais dispositivos e com comentários do arquiteto e urbanista João Honorio de Mello Filho.Outro destaque deste número é a seção “Arquitetura no Mundo”. Foram reservadas oito páginas para abordar em profundidade os estilos arquitetônicos e realizações da Rússia, ainda pouco conhecidos no país.

 

Alguns espaços já consagrados nas edições anteriores seguem aperfeiçoados: foram convidados especialistas para debater um tópico importante em seu campo de atuação –neste número, o uso de jardins suspensos pela arquitetura paisagística. Por fim, a editoria de opinião “Ponto de Vista” conta com a contribuição do arquiteto e urbanista Ciro Pirondi, diretor da Escola da Cidade, que trata do futuro da profissão.

 

(Fonte: CAU/SP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Projeto brasiliense ganha destaque Internacional no Prêmio ArchDaily Edifício do Ano 2024

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto Washington Fajardo vai atuar na Divisão de Habitação e Desenvolvimento Urbano do BID

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Modernista: New York Times indica Brasília como um dos melhores lugares para visitar 2024

Pular para o conteúdo