ARQUITETURA SOCIAL

Semana da Habitação 2023 mostra boas práticas de ATHIS patrocinadas pelo CAU em todo o Brasil

Ivanete Carpes apresenta o projeto o Casa Eco Pantaneira

O segundo dia da Semana da Habitação 2023 foi uma vitrine de experiências que tornaram a ATHIS realidade em todas as regiões do país. Três conferências simultâneas mostraram projetos viabilizados pelos editais de patrocínio do CAU voltados para projetos de ATHIS. Foi uma oportunidade para estimular a replicação de ideias e possibilitar o intercâmbio de tecnologias e informações entre organizações interessadas em promover o direito à moradia digna com assistência técnica.

 

A conferência “Melhorias habitacionais” apresentou o projeto “Casa Eco Pantaneira”, uma realização do Sindicato dos Arquitetos de Mato Grosso do Sul (Sindarq-MS) para a construção de 33 moradias para famílias da comunidade ribeirinha residente na Área de Proteção Ambiental Baía Negra, em Ladário/MS. Por meio da iniciativa, onze arquitetos foram contratados para projetar residências capazes de resolver problemas como falta de banheiros e de conforto térmico. Segundo a presidente do Sindarq, Ivanete Carpes Ramos, os projetos foram desenvolvidos com perfil sustentável e material de baixo impacto, com geração mínima de resíduos e sem remoção de vegetação, atendendo às exigências legais para construção das edificações em área protegida. Saiba mais sobre o projeto

 

 

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

O arquiteto e urbanista Nilberto Gomes de Souza mostrou os resultados do projeto Mãe Luíza Acessível, realizado pelo Centro Sócio Pastoral N. Sra. da Conceição.  O empreendimento possibilitou o diagnóstico e a execução de melhorias habitacionais para famílias com pessoas portadoras de deficiências físicas e intelectuais. Conheça a iniciativa

 

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

Representante da União por Moradia Popular, organização realizadora do projeto de ATHIS em Terras Belas 

 

Em Conde, na Paraíba, um projeto de regularização fundiária e melhorias habitacionais conduzido pela União por Moradia Popular da Paraíba, beneficiou famílias da comunidade de Terras Belas. O arquiteto e urbanista Yuri Duarte Lopes e representantes da União por Moradia Popular falaram sobre os desafios da regularização fundiária, que envolveu o cadastramento social e participação dos moradores nas melhorias habitacionais.

 

CONHEÇA O PROJETO DA COMUNIDADE TERRAS BELAS:

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

A arquiteta e urbanista Mariana Estevão, da ONG Soluções Urbanas, falou sobre os resultados do trabalho desenvolvido junto à comunidade Portelinha, em São Cristóvão, próximo a Aracaju. Em parceria com a prefeitura e a Universidade, a iniciativa envolveu arquitetos, estudantes e engenheiros no projeto que conta com financiamento do edital de ATHIS do CAU/SE. O projeto promoveu atividades de formação continuada, com conteúdo teórico e prático, e ações de ATHIS em 34 residências. A programação da Semana da Habitação 2023 prevê uma visita técnica à comunidade no próximo sábado, dia 29.

 

Mariana Estevão, da ONG Soluções Urbanas

 

ASSISTA À APRESENTAÇÃO DA ONG SOLUÇÕES URBANAS:

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

O público também conheceu do projeto EMCASA, representado pelo arquiteto e diretor da Companhia de Habitação e Inclusão Produtiva de Juiz de Fora Fabrício Zanoli.

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

 

A Conferência 3 se dedicou a compartilhar  Metodologias Participativas na operação de projetos de ATHIS. A arquiteta e urbanista Ludmila de Araujo Correia mostrou como o coletivo Panã Arquitetura Social envolveu a comunidade do Sol Nascente (DF) no projeto de capacitação para construção civil. A equipe dividiu os moradores em cinco turmas para participar de oficinas de instalação de esquadrias, produção e assentamento de tijolo de adobe, simulação de instalações elétricas, impermeabilizações, cobertura e revestimentos. 

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

 

Em Maringá, no Paraná, o IAB-PR vem criando um instrumento para integrar a arquitetura ao Programa de Saúde da Família do SUS. Para isso, desenvolveu um questionário dedicado a identificar as necessidades dos moradores e compor um diagnóstico habitacional com a colaboração dos agentes comunitários de saúde. Segundo a coordenadora Jeanne Versari, o documento partiu do questionário utilizado pelas equipes de saúde e considerou o modelo desenvolvido pelo CAU/RS para os projetos Nenhuma Casa sem Banheiro e Casa Saudável. Para dar materialidade ao projeto, o IAB também capacitou agentes de saúde. A fase piloto de aplicação do questionário envolveu estudantes do Escritório Modelo em Arquitetura e Urbanismo (EMAU) , da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Até o momento, a equipe visitou 538 domicílios. Saiba mais

 

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

A oficina também mostrou experiências do Instituto Soma, apresentada pela arquiteta e urbanista Letícia Rocco Kirchner;

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

 

Do projeto do Sindicato dos Arquitetos no Estado de Santa Catarina (SASC) na comunidade quilombola Toca Santa Cruz(SC), relatado pelo professor Samuel Steiner dos Santos:

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

Da Taramela Assistência Técnica em Arquitetura e Cidade, representada no evento pela arquiteta e urbanista Marcela Monteiro dos Santos.

 

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

 

E do Instituto Polis, pela coordenadora Lara Aguiar Cavalcante.

 

 

BAIXE A APRESENTAÇÃO

MAIS SOBRE: ARQUITETURA SOCIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETURA SOCIAL

Arquitetura Rural: CAU Brasil vai promover acordo de cooperação com o INCRA

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário Melhorias Habitacionais: Plataformas tecnológicas conectam arquitetos(as) e urbanistas, profissionais de obras e moradores

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário de Melhorias Habitacionais do IPEA destaca projetos de moradia digna patrocinados pelo Edital de ATHIS do CAU Brasil

ARQUITETURA SOCIAL

CAU e IPEA abrem Seminário “Melhorias Habitacionais da Saúde do Habitat à Economia Popular” em Brasília

Pular para o conteúdo