ARQUITETURA SOCIAL

Semana da Habitação: Oficina revela estratégias para financiar projetos de habitação social

 

Na Semana de Habitação do CAU Brasil, arquitetos(as) e urbanistas e especialistas em políticas públicas compartilharam informações valiosas sobre a captação de recursos para Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS) e projetos de reurbanização (REURB). A Oficina 3, intitulada “Cenários de Captação e Ampliação de Recursos”, identificou as fontes de financiamento disponíveis, como recursos governamentais, parcerias público-privadas, doações, fundos de investimento e programas de incentivo. 

 

O pesquisador do IPEA Cleandro Krause apresentou o desenho de ATHIS como Política Pública, resultado do projeto “Modelagem Lógica para Estruturação Programática da ATHIS”, desenvolvido em parceria com o CAU Brasil. O desenho engloba diversos pontos-chave:

 

  • Poder público estruturado para fazer políticas de ATHIS.
  • Normas técnicas, edilícias e urbanísticas que contemplem a ATHIS.
  • Circuitos locais de produção relacionados à ATHIS.
  • Capacitação de arquitetos e urbanistas.
  • Ensino superior e extensão adaptados às precariedades habitacionais.

 

Seu colega Renato Balbim, também do IPEA, destacou a necessidade de buscar recursos fora do Governo Federal devido às lacunas existentes no processo. Ele ressaltou que a melhoria habitacional deve ser discutida em conjunto com outras políticas públicas, pois não se trata apenas de uma questão de produção habitacional. “Para obter resultados efetivos, é essencial envolver mais agentes financeiros, como companhias estaduais e municipais de habitação”, afirmou.

 

 

FINANCIAMENTOS VIA CAIXA

O arquiteto e urbanista Patrick Carvalho, da Vice-Presidência de Habitação da CAIXA, trouxe à tona o desafio de destinar e executar os investimentos para projetos de ATHIS dentro das regras exigidas pelo Governo Federal. “Seja qual o formato que vamos pensar para a ATHIS, precisamos atender os mecanismos legais de execução financeira”, disse.

 

Ele ressaltou que os financiamentos públicos obrigatoriamente precisam passar pelas seguintes etapas: 

 

  • Projeto
  • Orçamento Prévio
  • Vistoria
  • Prestação de Contas

 

Segundo Patrick, para superar essas barreiras, é necessário explorar a criatividade na forma de propor, executar e prestar contas dos projetos de habitação social.

 

Renato Balbim, pesquisador do IPEA

 

EMENDAS PARLAMENTARES

Luciana Rubino, assessora parlamentar do CAU Brasil, esclareceu o funcionamento do Orçamento da União e como as emendas parlamentares podem ser uma fonte direta de verbas para projetos de ATHIS nos municípios. Para garantir o sucesso das emendas parlamentares, Luciana enfatizou a importância de construir projetos bem-elaborados, que proporcionem segurança aos deputados que as propõem. 

 

“A ATHIS pode ser enquadrada como uma questão de saúde, já que, por lei, 50% das emendas parlamentares devem ser destinadas ao setor de saúde”, afirmou. Luciana destacou o exemplo bem-sucedido de emendas para a realização de Melhorias Sanitárias Domiciliares, destinadas à Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

 

Essa oficina proporcionou um espaço valioso para a troca de experiências entre conselheiros(as) do CAU e os arquitetos(as) e urbanistas envolvidos em projetos de ATHIS. Foram debatidas técnicas e boas práticas na elaboração de projetos e captação de recursos, de modo a impulsionar o desenvolvimento e implementação de projetos de ATHIS e REURB em todo o país.

 

Luciana Rubino, assessora parlamentar do CAU Brasil

 

Diversas atividades e debates estão programados para sensibilizar a população sobre a importância da ATHIS, além de capacitar os envolvidos na execução e prestação de contas dos projetos relacionados à ATHIS.

 

Confira a programação completa

MAIS SOBRE: ARQUITETURA SOCIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETURA SOCIAL

Arquitetura Rural: CAU Brasil vai promover acordo de cooperação com o INCRA

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário Melhorias Habitacionais: Plataformas tecnológicas conectam arquitetos(as) e urbanistas, profissionais de obras e moradores

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário de Melhorias Habitacionais do IPEA destaca projetos de moradia digna patrocinados pelo Edital de ATHIS do CAU Brasil

ARQUITETURA SOCIAL

CAU e IPEA abrem Seminário “Melhorias Habitacionais da Saúde do Habitat à Economia Popular” em Brasília

Pular para o conteúdo