PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Seminário anual da CPFI discute resoluções que estruturam o plano de desenvolvimento do CAU

Conselheiros participantes da CPFI: Heitor Antonio Maia da Silva Dores (AL), Camila Leal Costa (PB), Maíra Rocha Mattos (RJ) e Daniela Pareja Garcia Sarmento (SC)

 

Aconteceu em Brasília no dia 30 de agosto o Encontro Nacional das Comissões de Planejamento e Finanças (CPFI), na sede do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil). O evento foi realizado de forma híbrida e contou com a participação de 51 representantes de CAU/UFs presencialmente e por videoconferência. Integrantes das comissões e corpo técnico dos estados contribuíram para elaboração do Fundo de Desenvolvimento que tem como propósito subsidiar projetos estratégicos para o avanço do CAU e da profissão. Também esteve em pauta a revisão da Resolução 200, que trata do uso de eventual superávit no orçamento da autarquia.

 

Na abertura, Daniela Pareja Garcia Sarmento(SC), coordenadora da CPFI e 1ª vice-presidente do CAU Brasil, falou sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Comissão ao longo do ano, como a revisão de resoluções estratégicas a partir de um diagnóstico da condição financeira dos CAU/UF. Como parte do planejamento dos 10 anos do CAU, o setor de auditoria vem realizando uma rodada de visitas com o objetivo de reconhecer a estrutura dos CAU básico, de médio e grande porte.  A partir das informações, o CAU deverá revisar a  Resolução 119, que trata do Fundo de Apoio Financeiro aos CAU/UF.

 

Outro regramento em revisão pela Comissão é a Resolução 126, que regula o Centro de Serviços Compartilhados, responsável por prover os serviços que garantem a gestão e o funcionamento do sistema CAU. O desafio, segundo a coordenadora, é superar a defasagem de tecnologia e a dificuldade de governança por meio do desenvolvimento com investimento constante que garanta não apenas a oferta de serviços essenciais, mas também o aprimoramento.

 

Na apresentação do primeiro ponto de pauta, o gerente de planejamento do CAU Brasil, Gelson Benatti, explicou que o Fundo de Desenvolvimento tem como proposta garantir a sustentabilidade de forma contínua e a valorização da profissão com esforço de modernização no âmbito dos CAU/UFs, eficiência e transparência no uso dos nossos recursos. “Os recursos serão destinados para áreas prioritárias e estruturados de uma maneira que os CAU/UFs possam propor projetos alinhados a esses objetivos com clareza no uso e na prestação dos recursos”, afirmou, lembrando que o assunto foi pauta em outras fases de elaboração do Plano de Ação 2024, trabalho que vem sendo desenvolvido pela Gerência de Planejamento com o envolvi todos os níveis do CAU.

 

Encontro contou com a participação de 51 representantes de CAU/UFs

 

A pauta da tarde abriu espaço para debater a minuta da Resolução 200, que dispõe sobre procedimentos orçamentários, contábeis e de prestação de contas em eventuais casos de saldo superavitário do CAU. As contribuições serão levadas ao Fórum de Presidentes, que se reúne em Campo Grande (MS) no mês de setembro.

 

O encontro foi o último da Comissão na atual gestão. Ao final, após ouvir as avaliações dos conselheiros e funcionários do CAU em todos os estados, a coordenadora Daniela Sarmento destacou os avanços na capacidade de formulação coletiva. “Conseguimos construir métodos de participação e escuta. Somos todos responsáveis por manter esse espaço de confiança, onde todos podem falar, criticar de de forma responsável, com objetividade. Esta cultura de confiança é uma grande conquista”, afirmou.

 

A presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh (SP), agradeceu a participação de todos e mencionou que os resultados da Comissão serão incorporados no relatório final de gestão. Também parabenizou a Comissão pela ampla participação no evento. “A CPFI conseguiu conquistar diversidade de participação. Trabalho coletivo dá trabalho, requer muita escuta, paciência e transversalidade, mas estamos avançando na construção do CAU único”, disse a presidente.

 

 

 

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

CAU Brasil e CAU/UF planejam mais de 800 ações para 2024, com foco na fiscalização 

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

CAU Brasil aprova novas regras para o desenvolvimento de projetos especiais nos CAU/UF

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Novas Diretrizes Estratégicas do CAU direcionam mais investimentos para fiscalização, comunicação e tecnologia

PLANEJAMENTO E FINANÇAS

Presidentes, Conselheiros e servidores debatem o futuro do CAU em Oficina de Planejamento Estratégico

Pular para o conteúdo