PATRIMÔNIO HISTÓRICO

1º Seminário Nacional de Patrimônio reúne arquitetos e urbanistas em Ouro Preto (MG)

 

Começou em Ouro Preto nesta quarta, 13 de julho, a programação do 1º Seminário Nacional de Patrimônio – Caminhos para a Valorização da Arquitetura e Urbanismo. O evento reúne arquitetos e arquitetas, representantes de organizações da área e pesquisadores até o próximo sábado, 16, no Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Objetivo é debater a valorização do patrimônio material e imaterial brasileiros. A programação prevê palestras, oficinas e a realização do 1º Encontro Nacional de Patrimônio dos CAU/UF e entidades. Promovido pelo CAU Brasil, por meio das Comissões de Política Urbana e Ambiental (CPUA) e de Política Profissional (CPP), o Seminário Nacional de Patrimônio é realizado em conjunto com o CAU/MG e conta com o apoio da Prefeitura de Ouro Preto e da UFOP.

 

Na Mesa de Abertura, a 1ª vice-presidente do CAU Brasil, Daniela Sarmento, afirmou que este evento dá continuidade aos debates realizados no Seminário Internacional de Gestão Inovadora de Bairros Históricos, que aconteceu em 2018, na cidade de São Paulo (veja aqui). “Naquele encontro, muitos projetos começaram a ser construídos. Temos vários desafios para aprofundar e outros que já estão compreendidos”, disse. “Este Seminário é um momento precioso e queremos dar um passo à frente. Mudar o nosso país depende da nossa ação”.

 

A vice-presidente do CAU Brasil, Daniela Sarmento; a presidente do CAU/MG, Maria Edwiges Leal; e a presidente da FNA, Eleonora Mascia

 

Daniela lembrou ainda que os debates desta semana devem refletir as propostas da Carta dos Arquitetos e Urbanistas aos Candidatos das Eleições 2022, proposta pelo CAU Brasil e pelo Colegiado das Entidades Nacionais de Arquitetos e Urbanistas (CEAU). Uma das 20 propostas da Carta é o restabelecimento dos Ministérios da Cultura e das Cidades, resgatando as políticas públicas de proteção e recuperação do patrimônio cultural material e imaterial e da paisagem.

 

Leia aqui a Carta aos Candidatos das Eleições 2022

 

A presidente do CAU/MG, Edwiges Leal, fez um resgate do processo de construção do encontro, destacando a importância de se realizar a reunião mensal do Fórum de Presidentes dos CAU/UF simultaneamente ao evento. “Amanhã todos os CAU/UF estarão pensando juntos os rumos do nosso patrimônio, não só nos núcleos históricos do Sudeste, mas em todas as regiões do Brasil”, disse ela, que também exerce a função de coordenadora do Fórum. “Que estas ruas capistranas nos inspirem e tragam luz pra pensar rumos para o nosso futuro”.

 

Confira a íntegra da mesa de abertura:

 

 

Representando a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), a professora Sandra Nogueira chamou atenção para a oportunidade dos debates arqitetônicos sobre Patrimônio Cultural justamente no período em que a cidade retoma o tradicional Festival de Inverno de Ouro Preto, suspenso há dois anos em função da pandemia de covid-19. “Este palco potencializa as discussões e possibilita que surjam aqui debates positivos e críticos”, disse.

 

Da mesma forma, a presidente da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) e coordenadora do CEAU, Eleonora Mascia, lembrou ainda da tragédia urbana e ambiental que a cidade vivenciou em janeiro, por causa das fortes chuvas que atingiram a cidade. “Estamos não apenas numa cidade histórica, mas em um território que também sofre com o desmonte de políticas públicas importantes para a preservação do patrimônio”, afirmou. “Este momento requer união e precisamos das entidades atuando junto ao CAU para fortalecer a nossa pauta comum”, disse.

 

Público lotou o auditório da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

 

A partir deste encontro, o CAU propõe criar uma Câmara de Patrimônio, para fazer a interlocução com órgãos e entidades que se relacionam com o patrimônio material e imaterial, abordando temáticas como conjuntos urbanos, edificações, sítios e acervos de valor arquitetônico, histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.

 

Veja cobertura completa do 1º Seminário Nacional de Patrimônio

 

Confira a programação abaixo:

 

13/07 – QUARTA-FEIRA 

Local: Centro de Artes e Convenções da UFOP

Programação:

8h30: Credenciamento

9h: Mesa de Abertura

9h40: Palestra de Abertura com o arquiteto e urbanista Leonardo Castriota. Tema: Patrimônio Cultural

10h30 – Intervalo

11h – Mesa 1 – Política Nacional de Arquivos de Arquitetura

12:30 – Intervalo para almoço

14h30 Mesa 2 – Articulações Institucionais para defesa do Patrimônio como uma questão urbana 

16h00 Mesa  3 – Estratégia e metodologia para a preservação 

17h30 – Intervalo

18h00 – Palestra com o arquiteto e urbanista Günter Behrendt Weimer. Tema: Patrimonio Vernacular

 

14/07 – QUINTA-FEIRA

14h30: 1º Encontro Nacional de Patrimônio dos CAU/UF e entidades – Local: Centro de Artes e Convenções da UFOP

  • Exclusivo para representantes dos CAU/UF 
  • Formato híbrido – presencial e on-line
  • Requer inscrição – INSCREVA-SE AQUI 

19h30: Mesa “Reflexões sobre o Patrimônio Brasileiro” – Local: Teatro Municipal – Casa da Ópera

Palestra de Nivaldo Andrade (Professor UFBA )

Debatedores: 

Nádia Somekh – Presidente do CAU/BR   

Marcos Olender – Professor UFJF  

Leonardo Castriota – Professor UFMG  

Flávio Carsalade – Professor UFMG / ICOMOS 

 

15/07 – SEXTA-FEIRA

Local: Centro de Artes e Convenções da UFOP

10h às 13h – Oficina de Patrimônio – Sistema Nacional de Preservação do Patrimônio  

Diretrizes para a proteção do Patrimônio Cultural Tombado, institui a Política Nacional do Patrimônio Cultural Tombado, o Fundo Nacional do Patrimônio Tombado – FNPT 

10h às 13h – Oficina de Patrimônio – Câmara Temática 

Diretrizes para a criação da Câmara temática de Patrimônio 

14 às 18h – Visita Técnica organizada pelo CAU/MG

 

16/07 – SÁBADO

9h às 12h – Visita Técnica organizada pelo CAU/MG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

17 de agosto: Dia Nacional do Patrimônio Histórico serve como um alerta em prol de políticas de preservação cultural

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

CAU Brasil instala Câmara Temática de Patrimônio Histórico

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Carta de São Luís é aprovada no 9º FIPA com foco na valorização do patrimônio e do bem-estar urbano

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

9º FIPA aponta a responsabilidade dos arquitetos e urbanistas como construtores do patrimônio do futuro

Pular para o conteúdo