CAU/BR

Sucesso em 2018, programa “Arquitetura para a Vida” volta às rádios

 

O programa de rádio “Minuto Arquitetura para a Vida”, do CAU/BR, criado e veiculado em 2018, foi um grande sucesso e está no ar novamente.

 

São 10 novos boletins de 1 minuto cada, com assuntos relevantes sobre Arquitetura e Urbanismo, objetivando conscientizar a população brasileira sobre a necessidade da contratação de arquitetos e urbanistas em obras de reforma e construção para garantia de espaços seguros, salubres e confortáveis, além de economia de gastos.

 

O programa será veiculado no período de 09 de setembro a 16 de outubro, às segundas, quartas e sextas-feiras, pelas rádios CBN e Band News em seus jornais matutinos (das 6 às 9 horas). A audiência diária, somada ambas as rádios, é de 480.242 ouvintes.

 

É ressaltada também a importância de as Prefeituras contarem com mais arquitetos e urbanistas, profissionais indispensáveis para garantir cidades mais eficientes, acessíveis e sustentáveis.  O papel social dos arquitetos e urbanistas é lembrado com a apresentação de alguns projetos de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS) financiados pelo CAU.

 

Este ano, o programa marca a comemoração no Brasil do “Dia Mundial da Arquitetura”, celebrado pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) toda primeira segunda-feira do mês de outubro. A edição de 2019, a ser festejada em 7 de outubro, tem como tema “Arquitetura… habitação para todos”, na mesma linha da missão do CAU/BR: “Arquitetura e Urbanismo para Todos”.

 

Entre os dias 10 de setembro e 10 de outubro, os boletins serão distribuídos todas terças e quintas-feiras para 2.226 rádios afiliadas da agência Radioweb localizadas em 1.526 cidades de todos os estados do país.


Os programas “Arquitetura para a Vida” são produzidos pela agência Área Comunicação e narrados pela jornalista Cristina Serra, ex-TV Globo, onde atuou como correspondente em Nova York e repórter especial do Fantástico.  Foi dela a primeira reportagem televisiva sobre a Pesquisa do CAU/BR que revelou que 85% dos brasileiros constroem sem o auxílio de arquitetos ou engenheiros.

MAIS SOBRE: CAU/BR Clipping

8 respostas

  1. Louvável, deveria ter uma radio própria do CAU, porque não uma tv, tratando dos assuntos urbanos e arquitetônicos da cidade, mobilidade, habitações áreas verdes etc.

  2. Parabéns pela boa notícia. Sou arquiteto e há poucos anos trabalhei na implantação da AUTOVISTORIA predial na cidade do Rio de Janeiro, que instituiu a obrigação de realização de vistorias técnicas, realizadas por arquitetos ou engenheiros, nos prédios da cidade. Nos diversos encontros e palestras que participei, foi de impressionar o desespero, a apreensão e, principalmente, o desconhecimento do cidadão sobre, para que servem estes profissionais.
    Por diferentes motivos, sinto que nos distanciamos do cidadão. Não da cidade, mas do cidadão, que não nos reconhece como parceiros no seu dia a dia. É nossa obrigação acabar com esta distorção e iniciativas e programas, como este, servem para diminuir esta distância. Que venham mais e com mais frequência.
    E aproveitando, cito o amigo, arquiteto e professor, Pedro Lessa: Nascemos urbanos, mas temos de aprender a construir nossa urbanidade!
    Forte abraço.

  3. Louvável, porem ao meu ver deveria ter um nome que abarcasse mais o significado da importância da arquitetura e do urbanismo na vida das pessoas e das cidades, Arquitetura…habitação para todos, a mim parece slogan de campanha, tipo minha casa minha vida, Brasil pátria amada etc, poderia ser algo como Arquitetura.. habitação com qualidade, ou algo mais geral.
    Obrigado
    Geraldo Fraga

  4. No interior ninguém escuta suas rádios e continuamos desamparados. Arquitetos não trabalham só em cidades grandes, no interior somos deixados de lado, alias o CAU nos deixa a margem de seus programas e só promove encontros e transmite noticias sem relevância para a classe como um todo. Divulgar e proteger centros historico encontros internacionais nada disso nos ajuda no interior do Brasil

  5. A narração dos programas ser feita por jornalista em vez de pelas/pelos próprias/os profissionais é um enrome equívoco. Mais uma atitude que nos afasta da sociedade.

    1. Gabriela, agradecemos a sugestão. Lembramos que a jornalista Cristina Serra trabalhou por 27 anos na TV Globo, com uma voz reconhecida nacionalmente e treinada para passar a credibilidade que o programa necessita, por isso a opção por uma profissional da voz, facilitando o entendimento e a recepção por parte do público.

      Destacamos que os programas dão voz aos arquitetos e urbanistas autores do projetos de Assistência Técnica de Habitação de Interesse Social realizados pelos CAU/UF em todo o Brasil, de forma a reconhecer e valorizar o trabalho dos nossos profissionais.

    2. A jornalista Cristina serra é uma profissional extremamente competente, no jornalismo. Acho que a/o interlocutor não alcançou o cunho da minha mensagem, e a resposta dada a mim ainda pode contribuir para outro equívoco, que é o de induzir à compreensão errada de que estou a julgar competência entre pessoas de diferentes especialidades quando, fica evidente no que digo, arquitetos e
      Arquitetas tem que ser convocados para construírem e costurarem narrativas culturais pois, mesmo jornalistas competentes, não tem a competência de fazê-lo, tão somente porque não possuem a formação mínima em PROJETO, TEORIA, HISTÓRIA, TECNOLOGIA. Att

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

CAU/BR reforça laços com parlamentares federais para fortalecer pautas da categoria

Clipping

Fórum de Presidentes dos CAU/UF realiza primeira reunião do ano e escolhe novo coordenador

Clipping

Inscrições abertas para o 17º Concurso CBCA/Alacero para Estudantes de Arquitetura 2024

Clipping

Concurso CAU Brasil: resultado final das provas objetivas e resultado provisório da prova discursiva

Pular para o conteúdo