CATEGORIA

UFAL retifica edital garantindo a participação de arquitetos e urbanistas

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas (CAU/AL), conseguiu retificação no edital de número 30/2016, lançado pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) no cargo de Engenheiro/Prevenção de Combate a Incêndio. A partir de agora, os profissionais de arquitetura e urbanismo com especialização em engenharia de segurança do trabalho também estão contemplados para participar da concorrência. A publicação da retificação foi feita no Diário Oficial da União (D.O.U.).

 

De acordo com a presidente do CAU/AL, Tânia Gusmão, este tipo de articulação tem sido uma das principais lutas do Conselho em Alagoas. “Temos nos empenhado em buscar junto a órgãos públicos cada vez mais a participação de arquitetos e empresas de arquitetura e urbanismo nos concursos e licitações, dando desta forma, o devido reconhecimento da capacidade técnica dos nossos profissionais”, afirma.

 

O CAU/AL já conseguiu garantir a retificação de nove editais, possibilitando a participação de arquitetos e urbanistas em licitações no estado. Para a vaga da UFAL, o candidato precisa ter entre os requisitos: (1) Diploma/Certificado de curso de graduação em Engenharia ou Arquitetura e Urbanismo, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), (2) Diploma/Certificado de curso de especialização na área de Prevenção e Combate a Incêndio ou de Engenharia de Segurança do Trabalho devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e (3) registro no conselho de classe competente, ou seja, o CAU.

 

FONTE: CAU/AL

 

Publicado em 07/07/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo