UIA

Vencedores do Concurso Internacional de Estudantes da UIA: “A Grande Muralha Verde”

A União Internacional de Arquitetos (UIA) anunciou os resultados do concurso de ideias de estudantes de estágio único da Grande Muralha Verde (GGW). Esta é a competição estudantil oficial do 29º Congresso Mundial de Arquitetos da UIA, que acontecerá em Copenhague, Dinamarca, de 2 a 6 de julho de 2023. O júri se reuniu em Copenhague de 6 a 8 de dezembro de 2022 para avaliar mais de 150 inscrições de 49 países. Os membros ficaram impressionados com a qualidade geral das inscrições e a conscientização sobre as mudanças climáticas, bem como as abordagens inovadoras demonstradas em todas as escalas.

 

“Habitação sustentável para a África”, Sauga, Burkina Faso por Altynai Isaeva, Universidade Estadual de Construção e Arquitetura do Quirguistão (KSUCTA), Quirguistão

 

O primeiro prêmio foi concedido a Altynai Isaeva da Universidade Estadual de Construção e Arquitetura do Quirguistão (KSUCTA), Quirguistão, pelo projeto “Habitação sustentável para a África” em Sauga, Burkina Faso. O júri elogiou a proposta por ser “uma proposta muito madura e correta, capaz de redistribuir memória tipológica e clareza conceitual por meio de uma configuração simples de uma base sólida. É fácil imaginar que esse projeto possa se transformar em vila aos poucos, à medida que as famílias se expandem, seguindo a linguagem arquitetônica da casa inicial. A bela apresentação também foi destacada pelo Júri, assim como a atenção meticulosa aos detalhes.”

 

“Dandelion ARC Journey” de Yuto Takenaka, Graduate School of Design, Harvard University, EUA

 

O segundo prêmio foi concedido a Yuto Takenaka, da Graduate School of Design, Harvard University, EUA, pelo projeto “Dandelion ARC Journey” referente à extensão do GGW. O júri elogiou a inscrição por apresentar “uma proposta convincente que realmente enquadra toda a Grande Muralha Verde Africana como um local. Sua narrativa fantástica explora a possibilidade de ser ao mesmo tempo geral e específica, contextual e genérica.”

 

“Green Colonies” no Níger por Tian Haoran, Yang Mohan, Wu Ruopan e Cao Chuangwei supervisionados pelos tutores Hou Shuai e Ren Zhonglong, Inner Mongolia University of Technology, China.

 

O terceiro prémio foi atribuído a uma equipa composta por Tian Haoran, Yang Mohan, Wu Ruopan e Cao Chuangwei supervisionados pelos tutores Hou Shuai e Ren Zhonglong da Inner Mongolia University of Technology, China.  Seu projeto, “Green Colonies” no Níger foi encontrado para propor “uma solução, transformando a tipologia da casa com pátio em um habitat de crescimento orgânico. Pretende fazê-lo em Zinder, Níger – um ambiente onde a água da chuva é escassa e a desertificação é um problema.”

 

Os 4º e 5º prémios foram atribuídos a:

 

“Co-Living” em Burkina Faso por Quan Dao e Quang Ngo, Hanoi Architectural University, Vietnã

 

Quan Dao e Quang Ngo, Hanoi Architectural University, Vietnã, pela inscrição “Co-Living” em Burkina Faso por oferecer “uma solução tropical elegante que lembrou o júri do trabalho de Kéré e atua como um obstáculo vivo ao progresso do Saara”.

 

“The Gidajen Laka” no nordeste da Nigéria por Abdulhameed Yakubu, Khadija Oyanki, Rayyan Garba e Amina Musa, Ahmadu Bello University, Nigéria

 

Abdulhameed Yakubu, Khadija Oyanki, Rayyan Garba e Amina Musa da Ahmadu Bello University, Nigéria, pela inscrição “The Gidajen Laka” no nordeste da Nigéria que, de acordo com o júri, “incorporou com sucesso um pátio como um espaço de convivência em um único família” e foi considerado funcional no clima predominante e no material economizado.

 

MENÇÕES HONROSAS

O Júri concluiu por unanimidade que as dez propostas a seguir elevaram de forma única uma determinada questão ou virtude, enriquecendo as deliberações e ampliando o contexto de suas discussões. Desde reinterpretações tipológicas a técnicas de representação ou inovação de materiais, cada projeto soube explorar e apresentar um conjunto de estratégias que importa reconhecer, celebrar e apoiar.

  • Denis Ezekiel e Christopher Luvanda, Ardhi University, Tanzânia, por sua inscrição “O design da habitação sustentável”, em Keur Bakar, Senegal.
    Yiyang Liu e Meijia Sun, Chongqing Metropolitan College of Science and Technology, Departamento de Arquitetura, China, por sua inscrição “Sprawling Community” no Chade.
  • Asena Janset Odaci e Zeynep Yazici, Tobb University of Economics and Technology, Turquia, por sua inscrição “Patch” no Chade.
    Hatice Bahar Çoklar, Ece İrem Tuncer e Okan Temür, Yıldız Technical University, Turquia, por sua inscrição “Urban Loop” em Burkina Faso
  • Nde Keulek Sidoine Baudrel, Mahamat Talba, Lizette Marlaine Tsafack Donfack, Parfait Audry Migoue Ymbe e Emy Sandrine Masso, École Nationale Supérieure des travaux publics de Yaoundé, Camarões pela sua inscrição “Competitive Cluster House” em Ferlo, Senegal.
  • Eren Vardar, Alperen İraz e Süleyman Enes Kurt, Universidade de Istambul, Turquia, por sua inscrição “Saltogether” em Djibuti.
  • Li Bei Bei, Feng Yu Qing, Cai Zhen e Li Jun Jie, supervisionados por seu orientador Chen Chao, da Universidade de Arquitetura e Tecnologia de Xi’an, China, para sua inscrição “Eco Tree” em Burkina Faso.
  • Johanna Lentzkow, Nils Hayoz e Laura Camerlingo do Instituto Superior Técnico, 2022, Portugal pela sua participação “EcoVillage” no Burkina Faso.
  • Lelissa Erkissa, Mikyas Tekle e Simon Mucheye, Addis Abeba University, Etiópia, por sua inscrição “Sustainable Hidmo Housing” em Tigray, Etiópia.
  • L.A.S Shikara Silva e S. Suwanka Senadheera, University of Moratuwa, Sri Lanka, por sua inscrição “African Dream” em Ouagadougou, Burkina Faso

 

Os vencedores do concurso serão convidados a participar do Congresso e da Cerimônia de Premiação em Copenhague. As inscrições vencedoras também serão exibidas no evento.

 

Veja os trabalhos premiados aqui.

MAIS SOBRE: UIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

UIA

Kuala Lumpur sediará o próximo Fórum Internacional UIA em novembro

UIA

Presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA) envia mensagem para participantes da COP28

UIA

UIA divulga nota de solidariedade aos países afetados por desastres naturais

UIA

Dia Mundial da Arquitetura: Arquitetura para Comunidades Resilientes

Pular para o conteúdo