CATEGORIA

Workshop do GT Arquitetura Paisagística discute valorização profissional

Workshop do GT Arquitetura Paisagística
Workshop do GT Arquitetura Paisagística

 

A valorização do profissional de Arquitetura Paisagística foi o tema predominante do 1º Workshop do GT Arquitetura Paisagística do CAU/SP, realizado nesta quinta-feira, dia 22/09, em São Paulo. Os participantes destacaram que é preciso aumentar a visibilidade da produção profissional nessa área, sinalizando um vasto mercado de trabalho inexplorado.

 

Neste sentido, os participantes da mesa de abertura da atividade ressaltaram a importância e a qualidade dos projetos selecionados para o 4º Congresso Internacional de Arquitetura Paisagística, ocorrido entre os dias 8 e 10 de setembro, na capital paulista, que lotou o auditório da FAU-USP, na Cidade Universitária.

 

A presidente da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), Nina Vaisman, ressaltou também a presença dos palestrantes internacionais Brian Davis (EUA) e Gert Groening (Alemanha) e João Ferreira Nunes (Portugal), que falaram sobre infraestrutura, e agricultura urbana. Entre os especialistas brasileiros, foram apresentados os estudos de caso de Recife (PE), Ilhas de Santa Catarina (SC) e São Paulo (SP), entre outros.

 

O presidente do CAU/SP, Gilberto Belleza, apontou a importância da iniciativa. “Nós temos um papel importante de divulgar cada vez mais nossas atribuições. Quando nós conseguirmos explicar o nosso papel e nossa competência, vamos ampliar não somente nosso campo de atuação, mas também demonstrar a competência dos arquitetos para a sociedade”, concluiu.

 

Pesquisa aplicada
Entre as atividades do Workshop, houve ainda a aplicação de um questionário sobre a trajetória profissional dos arquitetos e urbanistas presentes, que indagou: se atuam como paisagistas de forma esporádica ou em período integral no mercado de trabalho, sua formação acadêmica, forma de atuação (executam projetos rurais ou de paisagismo corporativo por exemplo), entre outros temas.

 

Os resultados desta amostragem e os comentários realizados pelos participantes vão servir como subsídios para o aperfeiçoamento do questionário, que o GT pretende aplicar a outros profissionais no Estado.

 

“Queremos conhecer essa parcela dos arquitetos. Saber quem são, para sabermos com quem podemos contar no momento de divulgar a categoria”, ponderou Paulo Pellegrino, integrante o GT do CAU/SP.

 

“A ideia é aperfeiçoar o questionário ao longo dos meses de setembro, outubro e novembro, para quando chegarmos no final do ano, termos algo pronto e melhor acabado”, comenta o coordenador do Grupo de Trabalho, André Graziano.

 

FONTE: CAU/SP

 

Publicado em 27/09/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

Fórum de Presidentes do CAU/BR cumpre extensa pauta em Belo Horizonte (MG)

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Pular para o conteúdo