CAU/UF

Fiscalização: Números apontam crescimento de 3,18% na emissão de RRTs em Alagoas

No mês de outubro, a equipe de fiscalização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas (CAU/AL) realizou visitas em 45 obras em Alagoas para apuração de possíveis irregularidades, além de realização de fiscalizações de rotina, os números constam no balanço apresentado pela equipe durante a plenária ocorrida na sede do Conselho, no início do mês de novembro.

 

De acordo com o gerente técnico do CAU/AL, Thyago Aron, ao todo sete cidades tiveram suas obras visitadas e fiscalizadas pela equipe do conselho. “Nestes últimos dias estivemos presentes nas cidades de Arapiraca, Barra de São Miguel, União dos Palmares, Marechal Deodoro, Paripueira, além das ações que realizamos na capital. Temos nos empenhado para visitar todo o estado de Alagoas”, destacou.

 

Desde o mês de janeiro, o CAU/AL já fiscalizou 2.020 atividades técnicas em 404 obras, que geraram 465 relatórios de fiscalização. Até o final do mês de outubro já foram emitidas 344 notificações preventivas e 91 auto de infrações.

 

20161025_105837-1

 

“Até o final do mês de outubro já chegamos a 900 processos tramitados. Somente este ano tivemos 30 denúncias cadastradas no Sistema de Comunicação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (SICCAU) e 29 destes casos já foram apurados. É importante que a sociedade, bem como, os profissionais de arquitetura e urbanismo, façam denúncias para que possamos ajudar a garantir a presença do arquiteto e urbanista nas obras e coibir o exercício ilegal da profissão no estado”, explica Thyago.

 

Neste ano de 2016, já foram emitidos até o mês de outubro: 8.110 Registros de Responsabilidade Técnica (RRTs) em Alagoas. Comparando o número de RRTs emitidos com o mesmo período do ano anterior, verificamos uma diminuição de aproximadamente 7%, levando em consideração o cenário econômico atual, esta redução era esperada.

 

Além das fiscalizações realizadas pelo Conselho, há ações de cunho orientativo junto aos Síndicos e Administradoras de Condomínios, quanto a aplicação da NBR 16.280:2015, que recomenda a presença de profissional habilitado para a realização de reformas nas unidades autônomas e nas áreas comuns dos condomínios, até o mês de outubro já foram visitados 34 condomínios verticais.

 

“Com as ações orientativas e de fiscalização desenvolvidas pelo Conselho, tem sido possível conscientizar a sociedade das vantagens de se ter um profissional de arquitetura e urbanismo a frente de suas obras, valorizando cada vez mais a profissão”, finalizou o gerente.

 

 

 

 

Publicado em 01/12/2016

 

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Fiscalização

Conferência valida diretrizes estratégicas da fiscalização da Arquitetura e Urbanismo

Fiscalização

CAU/BR realiza I Conferência Trienal de Fiscalização nos dias 27 e 28/03 

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

Fiscalização

Última plenária ampliada apresenta Plano Estratégico de Fiscalização

Pular para o conteúdo