CAU/UF

Governo Federal lança aplicativo para fiscalização de obras públicas

i533356  

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão lançou no dia 14 de novembro o Aplicativo Desenvolve Brasil, programa pioneiro na governança digital que irá aprimorar o monitoramento dos empreendimentos de infraestrutura no país, que contam com recursos do Orçamento Geral da União (OGU). Por meio do aplicativo, o cidadão poderá acompanhar a evolução das obras nos estados e municípios.

 

A ferramenta ampliará a participação da sociedade na gestão governamental e tornará mais transparentes as ações do governo. Com o app será possível verificar informações como situação, localização e investimentos previstos. Integrado às redes sociais, ele permite que o cidadão contribua com o envio de fotos, avaliações, comentários e compartilhamento das páginas dos empreendimentos.

 

Segundo o ministro Dyogo de Oliveira, o lançamento do aplicativo inaugura uma vertente importante do governo federal que é a comunicação digital direta com o cidadão. “O Desenvolve Brasil é uma medida que fomentará a participação direta da população e nos auxiliará no acompanhamento e na conclusão das obras”, afirma.

 

O aplicativo está disponível inicialmente na versão Android e pode ser baixado na loja online Google Play. Posteriormente ele estará disponível na versão IOS, na App Store.

Clique aqui e acesse a página do aplicativo para a versão Android.

 

Obras priorizadas

 

No dia 7 de novembro, o governo federal anunciou a lista com as 1,6 mil obras paralisadas que receberão priorização para retomada, todas com o valor de até R$ 10 milhões. Os empreendimentos estão compreendidos em diversas categorias e contemplam 1.071 municípios localizados nos 26 estados, além do Distrito Federal. Todas essas 1.600 obras estarão no aplicativo Desenvolve Brasil.

Fonte: Ministério do Planejamento

 


 

CAU também disponibiliza aplicativo para fiscalização de obras

 

Em uma ação pioneira, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais (CAU/MG) lançou em sua primeira gestão, no ano de 2014, o aplicativo Arquiteto Protagonista. Gratuito para smartphone e tablet (modelos iOs ou Android) a ferramenta permite ao profissional arquiteto urbanista enviar imagens e informações sobre obras com indícios de irregularidades. Disponível para download nos sistemas Android e iOS, podendo ser utilizado em qualquer lugar do estado de Minas Gerais.

 

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) também disponibilizou para os arquitetos e urbanistas brasileiros uma nova ferramenta em defesa da profissão. Trata-se do MobiArq Protagonista, aplicativo que tem a mesma finalidade de fiscalização mas com alcance nacional.

 

tela2

 

Ao observar um indício de irregularidade que possa ser objeto de fiscalização do CAU, o profissional abre o aplicativo, tira uma foto do local, indica qual a possível irregularidade e pode fazer um breve relato da situação. Se quiser fazer uma denúncia formal, já contém um link com o SICCAU Corporativo para que a mesma seja gravada e passe pelos trâmites legais previstos.

 

Com a colaboração ativa dos arquitetos e urbanistas na construção das cidades, o CAU terá mais informações para cumprir sua missão de orientar e fiscalizar o exercício da Arquitetura e Urbanismo.

 

Acesse a página do MobiArq e saiba mais sobre a ferramenta: CLIQUE AQUI.

 

 

 

FONTE: CAU/MG

 

 

Publicado em 30/11/2016

Uma resposta

  1. Oi bom dia
    Gostaria de saber o que vocês acham do curso de arquitetura a distância da unopar?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

Fiscalização

Última plenária ampliada apresenta Plano Estratégico de Fiscalização

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Roberto Bratke, arquiteto que transformou a paisagem da zona sul de São Paulo, morre aos 88 anos

Fiscalização

Veja como cadastrar denúncias pelo novo módulo de Fiscalização

Pular para o conteúdo